Grupo Alimentação e Bebidas tem alta de 0,56% em fevereiro no IPCA-15

Os gastos das famílias com alimentação e bebidas subiram menos na passagem de janeiro para fevereiro, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) divulgado nesta quarta-feira, 24, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O grupo Alimentação e Bebidas passou de um aumento de 1,53% em janeiro para um avanço de 0,56% em fevereiro, uma contribuição de 0,12 ponto porcentual do grupo para a taxa de 0,48% o IPCA-15 deste mês.

Os alimentos para consumo no domicílio passaram de um avanço de 1,73% em janeiro para uma elevação de 0,56% em fevereiro.

As famílias pagaram menos pela batata-inglesa (-5,44%), leite longa vida (-1,79%), óleo de soja (-1,73%) e arroz (-0,96%). Por outro lado, a cebola subiu 19,17%.

A alimentação fora do domicílio desacelerou de 1,02% em janeiro para 0,56% em fevereiro. O lanche aumentou 1,20%, e a refeição subiu 0,37%.