Inflação na Argentina sobe 3,2% ante outubro e 35,8% ante novembro de 2019

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da Argentina avançou 35,8% em novembro, na comparação com igual mês do ano passado, informou nesta terça-feira, 15, o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec). Ante outubro, o índice subiu 3,2% em novembro.

Em outubro, a inflação havia avançado 3,8% em relação ao mês anterior, e 37,2% na comparação com o mesmo período em 2019, o que representa uma desaceleração.

As maiores altas da comparação mensal foram nos segmentos de recreação e cultura (+5,1%), guiados pelo retorno de atividades com alívio das restrições para conter a covid-19, e equipamentos e manutenção do lar (3,9%).