PEC Emergencial não será mais apresentada em 2020, diz Marcio Bittar

O relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial desistiu de apresentar o parecer da medida antes do recesso legislativo. Em nota, o senador Marcio Bittar afirmou que o texto ficou para 2021. De acordo com Bittar, a complexidade do tema e a conjuntura do País impedem o avanço da discussão neste momento. A manifestação expõe o recuo do governo após o parecer de Bittar, que não chegou a ser oficializado, provocar ruídos entre líderes partidários e técnicos.

Bittar também é relator do Orçamento de 2021, que será votado pelo Congresso Nacional depois da eleição para presidência da Câmara e do Senado, em fevereiro de 2021. “Creio que a proposta será melhor debatida no ano que vem, tão logo o Congresso Nacional retome suas atividades e o momento político se mostre mais adequado”, afirmou o senador.