Produção de motos sobe 1,6% em junho ante maio, diz Abraciclo

A produção de motos subiu 1,6% na passagem de maio para junho, chegando a 105,4 mil unidades, de acordo com balanço divulgado nesta quinta-feira, 8, pela Abraciclo, associação que representa o setor. Na comparação com junho de 2020, a produção de motocicletas, concentrada no polo industrial de Manaus (AM), teve crescimento de 35%, o que levou o total produzido no primeiro semestre para 568,9 mil unidades, uma alta de 45%.

É o melhor resultado para o semestre desde 2015 e confirma, segundo o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, a recuperação “consistente” do setor. “Ainda estamos trabalhando para atender uma demanda reprimida na pandemia. Todas as unidades fabris trabalham para recuperar parte do atraso registrado no primeiro bimestre devido à crise sanitária enfrentada em Manaus”, comentou Fermanian em nota sobre o balanço do mês passado.

A entidade ainda avalia se a retomada é apenas cíclica ou sustentável antes de revisar previsões que, por ora, seguem apontando produção de pouco mais de 1 milhão de motocicletas no ano. Apesar do aumento de produção, a Abraciclo segue reportando fila de espera por motos de baixa cilindrada e scooters nas concessionárias.