Republicano bloqueia tentativa de aprovação rápida de cheque de US$ 2 mil nos EUA

O líder republicano no Senado dos Estados Unidos, Mitch McConnell, bloqueou a proposta do líder democrata na casa, Chuck Schumer, para aprovar de maneira rápida, por unanimidade, o aumento dos cheques individuais do pacote fiscal de US$ 600 para US$ 2 mil.

Havia a expectativa de que o projeto pudesse ser passado rapidamente, possibilidade afastada com a objeção de McConnell. O projeto agora deverá ser aprovado por uma maioria de 60 dos 100 senadores para passar a valer.

Schumer afirmou que os republicanos na Câmara dos Representantes estavam favoráveis ao projeto, e mesmo o presidente Donald Trump, restando saber a posição do partido no Senado. O congressista afirmou que espera a aprovação na casa, mas que a “chave está com McConnell”. “US$ 600 não são suficientes, e não quero ouvir que isso irá aumentar o déficit”, afirmou o democrata, sinalizando outras medidas dos republicanos que teriam tido o efeito de aumentar a dívida dos EUA.