Taxas futuras de juros recuam em sintonia com dólar e rali com Biden

Esta segunda-feira (9) começa com recuo firme dos juros futuros, de ao redor de 10 pontos-base, alinhados à queda de mais de 2% do dólar em meio ao rali internacional após a vitória do democrata Joe Biden para ser o próximo presidente dos Estados Unidos. O mercado ficará atento ao presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, que, participa de evento aberto à imprensa às 12h25, especialmente após o diretor da instituição Fábio Kanczuk ter falado sobre intervenção no câmbio na sexta-feira (6). Às 9h08, o DI para janeiro de 2027 estava em 7,18%, de 7,27% no ajuste de sexta-feira. O DI para janeiro de 2023 marcava máxima de 4,81%, de 4,90%, e o para 2022 estava em 3,27%, de 3,35% no ajuste anterior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *