Vendas devem crescer de 10% a 15% em dezembro ante novembro, prevê ACSP

Para a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), com o Natal, as vendas do mês de dezembro devem fechar com alta de 10% a 15% em relação ao registrado em novembro. Na comparação com o mesmo período do próximo ano, espera-se estabilidade.

“Não recupera o que se perdeu no ano, mas o primeiro passo para voltar a crescer é parar de cair”, diz o economista da ACSP, Marcel Solimeo. Ele pontua que para o próximo ano, o governo precisa pensar em estratégias para manter o consumo.

“Como as reformas não saíram e se saírem só vão fazer efeito lá na frente, algo precisa ser feito. Pelo menos voltar com o Bolsa Família repaginado e melhorado, porque a normalidade ainda está longe e mesmo na normalidade, tínhamos esse programa”, diz Solimeo.

A ACSP viu de maneira positiva o aumento do horário de funcionamento do comércio no Estado de São Paulo. O horário havia sido reduzido com a volta da Fase Amarela no chamado “Plano São Paulo”, mas o Governo voltou atrás.

Para a Associação, porém, o ideal seria aumentar ainda mais a abertura das lojas para evitar aglomerações.