Escolas recebem pais e alunos para orientações sobre ensino híbrido

Entre os dias 20 e 27 de fevereiro, escolas estaduais de todo o Paraná estão abertas para receber pais e familiares de estudantes da Rede Estadual de Educação para mais uma etapa de orientação sobre o início do ano letivo híbrido. O treinamento apresenta aos responsáveis as adaptações e protocolos de biossegurança que serão adotados pelas instituições a partir de 1º de março. Estudantes também serão recebidos nas unidades a partir desta quarta-feira (24), até sexta (26), para as mesmas orientações.

As ações fazem parte de um cronograma de capacitações e instruções iniciado em 11 de fevereiro, quando profissionais das escolas se reuniram para entender melhor o sistema híbrido e o atendimento aos estudantes. Além da visita às escolas, a secretaria estadual da Educação já promoveu capacitação para o novo Registro de Classe Online 2.0 (sistema de registro de frequência e notas de estudantes) e sobre protocolos de biossegurança para funcionários dos colégios.

Cada comunidade escolar pode organizar a recepção aos pais e responsáveis dentro dos próprios cronogramas. Em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, o Centro Estadual de Educação Profissional Newton Freire Maia promoveu a orientação nesta terça-feira (23), com os familiares dos estudantes do 1° ano do Ensino Médio. Cerca de 30 responsáveis estiveram na instituição durante a manhã e puderam tirar dúvidas sobre como a escola se organizou para o retorno presencial.

Para Valdacir Ramão, pai de um estudante que acaba de entrar no CEEP Newton Freire Maia, o protocolo de biossegurança foi bem construído. “O protocolo está muito bem montado, mas existe bastante responsabilidade também do estudante em respeitar a orientação que ele recebe”, diz.

Ramão comenta que os pais se envolveram no processo de elaboração do protocolo e elogia a organização da escola. “Em todas as unidades escolares foi formada uma comissão e há um diretor responsável. Então, nós nos sentimos seguros e estamos cientes de que, percebendo algum tipo de problema, a gente tem a responsabilidade de colaborar com o processo”.

A diretora pedagógica do Newton Freire Maia, Ana Paula Querubim Andrades, destaca a importância da parceria com as famílias no ano letivo de 2021. “A escola conta com a honestidade dos pais ao conversar com os filhos e, se for necessário, não enviar o estudante para a escola caso haja sintoma. Não haverá prejuízo no ensino e, ao fazer isso, a família protege os outros colegas”, reforça.

ACOLHIMENTO – Além de todas as ações já realizadas no cronograma de orientações, o calendário prevê uma recepção aos estudantes nas escolas entre os dias 24 e 26 de fevereiro. O acolhimento vai acontecer de forma escalonada conforme as turmas das escolas. Cada grupo vai permanecer um período no colégio, recebendo orientações sobre os protocolos de biossegurança e o formato das aulas híbridas. Também serão promovidas atividades com foco socioemocional.

As orientações vão abordar o momento de entrada e da saída e como os alunos devem se portar na hora do recreio e das refeições, entre outras atividades. Sobre as aulas virtuais e presenciais, os estudantes serão instruídos a respeito de como vão funcionar o revezamento em sala de aula e o processo de adaptação para os que optarem em seguir no ensino remoto. A acolhida também vai acontecer por meio do Google Meet para os estudantes que não puderem comparecer presencialmente.

Da AEN