Programa Jovens Embaixadores abre inscrição para alunos da rede pública

Estão abertas as inscrições para a 19ª edição do programa Jovens Embaixadores. O programa é uma iniciativa do Departamento de Estado dos EUA, com a coordenação da embaixada e consulados norte-americanos no Brasil, que promove um intercâmbio de curta duração naquele país para estudantes brasileiros do Ensino Médio da rede pública.

Aberto a jovens entre 15 e 18 anos, o programa seleciona estudantes de destaque na rede pública com perfil de liderança, bom desempenho acadêmico, fluência em inglês e engajamento em iniciativas de empreendedorismo/impacto social. As inscrições vão até o dia 7 de março pelo site jovensembaixadores.org.br (veja no site e abaixo mais informações sobre a seleção).

VAGAS – Para 2021, o programa dispõe de 33 vagas para candidatos de todo o Brasil. Na medida do possível, o comitê de seleção busca selecionar ao menos um finalista de cada estado, a fim de garantir maior representatividade e diversidade regional ao grupo.

Nas duas últimas edições do programa, por exemplo, o Paraná teve dois selecionados em cada uma. Em 2019, foram dois estudantes do Norte do Estado: João Pedro Felix e Silva, de Londrina, coordenador de atividades da Pastoral Juvenil em sua escola para favorecer a promoção humana, a solidariedade e o protagonismo juvenil, e Milena Dafhyne Sanches Silva, de Jacarezinho, voluntária do projeto Balaio Cultural, que promove a arte e a cultura por meio de atividades coletivas, oficinas e apresentações artísticas em sua escola.

Já em 2020 foram selecionados um estudante de Curitiba e outra do Oeste: Hudson Eduardo da Silva Terra, da capital, pelo projeto que avaliou a toxicidade do Rio Barigui, desenvolvendo um sistema de filtragem, canalização e distribuição da água do rio para regeneração natural da vegetação e criação de hortas comunitárias orgânicas. E Andressa de Lima Brandão, de Foz do Iguaçu, membro do Clube Desbravadores das Três Fronteiras, que inicia crianças e adolescentes em atividades práticas de empreendedorismo, espírito humanitário e bem-estar comunitário.

O INTERCÃMBIO – Ao contrário de anos anteriores, quando aconteceu em janeiro, o intercâmbio está previsto para julho de 2021. Devido à pandemia da Covid-19 e suas restrições de viagens, o intercâmbio presencial ainda depende da aprovação pelo Departamento de Estado dos EUA.

 Caso não seja possível realizar o intercâmbio no início do segundo semestre, os selecionados serão convidados para participar de um intercâmbio em formato virtual, bastante interativo e inovador.

Pela programação original, as atividades nos EUA estão previstas de 03 a 17 de julho. Durante a primeira semana, os estudantes conhecem a capital do Distrito de Colúmbia, participam de oficinas sobre liderança e empreendedorismo, visitam escolas, projetos de empreendedorismo social e se reúnem com representantes do governo norte-americano.

Após a semana em Washington, os participantes viajam para uma outra cidade, ainda a ser definida, onde participam de atividades relacionadas ao tema do programa, visitam projetos de empreendedorismo jovem, fazem apresentações sobre o Brasil e fortalecem seu perfil de liderança.

Confira pré-requisitos para participar do programa:
Ter nacionalidade brasileira
Ter entre 15 e 18 anos
Ser aluno do Ensino Médio na rede pública brasileira e já ter cursado pelo menos o 1º  ano do Ensino Médio em 2020 – alunos que iniciarão o 1º ano do Ensino Médio em 2021 não poderão se candidatar
Ter boa fluência oral e escrita em inglês
Ter pouca ou nenhuma experiência anterior no exterior
Jamais ter viajado aos Estados Unidos
Possuir renda familiar per capita mensal de até um salário mínimo
Ter excelente desempenho escolar
Ter perfil de liderança e iniciativa
Ser comunicativo
Possuir boa relação em casa, na escola e na comunidade
Estar atualmente engajado em iniciativas de empreendedorismo/impacto social em sua comunidade por pelo menos seis meses.

COMO FAZER – O candidato deve, primeiramente, acessar o endereço oficial do Programa Jovens Embaixadores jovensembaixadores.org.br, informar o seu nome completo e endereço de e-mail e clicar no botão “Começar”.

Para mais informações sobre o programa, acesse  AQUI

Da AEN