Simone Sponholz e Fábio Kukowitsch

Simone Sponholz é acolhedora, valoriza a sua história e sua família. Mãe de dois filhos, formou-se em Direito, até o mestrado e escolheu a docência pelo poder transformador da educação. Natural de Ponta Grossa, mudou-se para Toledo em 2004. Fez morada, cultivou amigos e firmou raízes. Cristã, conservadora, apoia o porte de armas e defende a família. É contrária à sexualização precoce e comprometida contra a violência. Na sua primeira disputa a um cargo político, Simone tem carreira longa com as causas públicas. Em 2018, ganhou o Prêmio da Procuradoria Geral pelas “Boas práticas de combate à corrupção” com um projeto voltado às crianças e adolescentes. Disputa a candidatura à prefeitura com Fábio Kukowitsch, de Toledo. Filho de Hildegard Isernhagen e Romildo Kukowitsch, neto de pioneiros. Com Veronica, é pai da Alice de 4 anos. Farmacêutico pela Unipar e empresário na Vila Pioneira. Membro do Núcleo Multissetorial da Grande Pioneiro. Coordenador do Núcleo de Farmácias da Acit. Cristão e conservador, agora engajado em nossa política.

 

Jornal do Oeste (JO): Quais são as suas propostas para alavancar a infraestrutura e a logística em Toledo?

 

Propomos um Governo participativo, voltado aos anseios de toda a população. Um Governo sem toma-lá-dá-cá, sem conchavos ou acordos espúrios, onde a Administração Municipal trabalhará incansavelmente para a concretização de uma cidade para todos os cidadãos e priorizará tudo aquilo que realmente faz a diferença na vida de cada um dos moradores de nosso amado município. Priorizaremos a aplicação dos recursos municipais em setores chaves e que se constituem em verdadeiros pilares das políticas públicas: Saúde, Educação e Assistência Social. Ações de infraestrutura e logística serão implementadas através de Parcerias Público Privadas e gestão junto aos Governos Estadual e Federal.

 

JO: Quais são os principais projetos para tornar o meio ambiente sustentável em Toledo?

 

Temos como meta tornar a Secretaria de Desenvolvimento Ambiental autossustentável. Um desafio possível através de um intenso planejamento de gestão que será feito para os próximos anos. Não tendo como limite o nosso mandato, mas pensando Toledo para os próximos 30 anos. É preciso garantir a rede de esgoto em toda a cidade. É preciso pensar na qualidade de nossas reservas hídricas, no destino do resíduo sólido urbano com responsabilidade. É preciso um plano responsável de arborização, substituindo-se árvores antigas (e muitas vezes condenadas) por espécies mais adequadas à nossa realidade. Somos um campo fértil para a produção de energia renovável e pretendemos aprimorar o trabalho que já foi desenvolvido. Na área de garantia do bem estar animal, o município assumirá a sua responsabilidade legal no tocante ao controle populacional, educação e fiscalização das denúncias de maus tratos. A causa animal é política pública e assim será tratada em nossa gestão.

 

JO: Quais são os planos para melhorar a segurança e o trânsito em Toledo?

 

A nossa Guarda Municipal é uma das mais antigas do Paraná. Mas até hoje não está organizada quanto à legislação que regulamenta a categoria. Essa será uma das nossas prioridades. Agilizaremos as medidas necessárias para a qualificação dos nossos Guardas Municipais a fim de cumprir os requisitos legais para o uso de armas de fogo pelos mesmos. Um planejamento de ações integradas e o trabalho em conjunto com as demais Forças de Segurança será a regra de nossa gestão. Propomos a criação de um site (City Toledo) que sirva como plataforma de monitoramento de segurança da cidade, reunindo imagens de todas as câmeras (públicas e privadas) conectadas ao sistema e que poderão ser acessadas diretamente pela Delegacia de Polícia, Batalhão da Polícia Militar e Guarda Municipal de Toledo, garantido mais agilidade nas ações de prevenção de combate ao crime e contribuindo nas investigações e elucidações dos mesmos. Da mesma forma, o cidadão que participar do programa receberá um login e uma senha para acessar o sistema e visualizar a câmera que disponibilizou.  Na área de trânsito pretendemos revolucionar o transporte público em nossa cidade, propomos um sistema que alia veículos menores (micro-ônibus e vans) que buscarão os usuários em casa, levando-os até terminais que farão a conexão de grandes distâncias com ônibus biarticulados.

 

JO: Como pretende fazer a gestão da Previdência Municipal?

 

A Previdência Municipal passará por reestruturação e isto será necessariamente dialogado junto à Câmara de Vereadores.

 

JO: Quais serão suas prioridades na área da Saúde em Toledo?

 

A Saúde de todos os moradores de nossa cidade será uma preocupação diária na condução das atividades de nossa administração. Um amplo programa de reestruturação precisa ser feito com seriedade e responsabilidade, buscando-se os motivos e apresentando soluções que justifiquem um investimento de mais de 200 milhões de reais todo ano sem que a população tenha atendimento de qualidade. Investir em medicina preventiva, otimizar o Programa Saúde da Família e zerar as consultas e cirurgias especializadas será uma grande meta. Mas o maior desafio será colocar em funcionamento o primeiro Centro de Atenção Materno Infantil de Toledo. No espaço construído para ser implantado o Hospital Regional, em um trabalho de gestão conjunta com a Hoesp, criaremos as condições necessárias para que as mães e crianças tenham atendimento de qualidade na área de obstetrícia e pediatria, buscando inclusive, em parceria com o Governo do Estado, a estruturação de leitos de UTI pediátricas, uma demanda antiga em nossa região. Assim, no espaço onde hoje funcionam estas alas dentro do Hospital Bom Jesus, poderá ser ampliado o Centro Cirúrgico e a ala de UTI adulta, permitindo uma maior agilidade na realização de cirurgias eletivas e prestação de serviços de alta e média complexidade. As Unidades Básicas de Saúde passarão por um processo de readequação para que todas funcionem com estrutura necessária ao atendimento da população, mesmo que, inicialmente, seja feito um rodízio de equipes para contemplar todas as comunidades. Uma inovação em nossa gestão será uma diretoria específica dentro da Secretaria da Saúde para a consolidação de uma rede de prevenção e de atendimento às pessoas dependentes de álcool e drogas, com apoio e suporte às entidades constituídas em Toledo. Somos conscientemente favoráveis à adoção do Protocolo Precoce (hidroxicloroquina + azitromicina + zinco) no enfrentamento da Covid-19. Respeitando-se a autonomia do profissional médico, implantaremos com urgência (logo no início da gestão) Unidade de Atendimento exclusiva para quem deseja fazer uso da medicação assim que surgirem os primeiros sintomas da doença, respeitando-se todos os protocolos vigentes. Em nosso governo ninguém ficará para trás!

 

JO: Como fomentar o Ensino e o Esporte de qualidade no município?

 

Trataremos a educação de nossas crianças como prioridade, proporcionando aos alunos, professores e demais servidores, ambientes adequados para que possamos cuidar com carinho e responsabilidade do nosso bem mais precioso: os toledanos do futuro. Vamos recriar as vagas dos Cmeis e garantir a qualidade na prestação dos serviços. Pretendemos também adequar os horários de funcionamento dos Cmeis para atender reivindicações de mães que trabalham até às 18 horas. No Ensino Fundamental I buscaremos um padrão de qualidade elevado, tanto no aprimoramento curricular, quanto na oferta de atividades adicionais de reforço, esporte, cultura e lazer no contraturno escolar. A Secretaria de Educação passará por um “choque de gestão”, otimizando todo o trabalho com vistas a excelência que tanto almejamos. A Educação Especial voltará a ser ofertada com responsabilidade em Toledo. A inclusão é um processo constante e contínuo e demanda uma interação maior com as entidades já constituídas em nossa cidade. Programas de contraturno para estas crianças serão implantados ao longo da gestão. Desta maneira, entendemos que o homeschooling é um direito da família que não pode ser negado pelo Estado e terá o nosso total apoio em Toledo. Faremos as articulações necessárias para que Toledo seja uma das sedes do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um novo conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares. Criaremos planos de estímulo para gestores, equipes pedagógicas e professores que atingirem patamares de excelência no processo de ensino e aprendizagem. Quanto ao esporte, pretendemos estruturar e incentivar a prática das mais variadas modalidades nas escolas da cidade e realizaremos anualmente os Jogos Estudantis Municipais (JEM), um resgate das competições esportivas.

 

JO: Considerações finais.

 

Toledo é a terra abençoada de todos nós, toledanos natos ou de coração. Queremos enaltecer este orgulho e resgataremos os valores que caracterizam a nossa população, sendo ela majoritariamente conservadora. A família foi e será o núcleo mais basilar da história da humanidade. Sendo assim, defender a família não é um objetivo de cristãos, mas um dever dos sensatos, dos verdadeiros conservadores dos pilares da sociedade. Em nossa gestão desenvolveremos ações voltadas à proteção integral da família. Lutaremos para que nossos jovens tenham um futuro e nossos idosos não fiquem desamparados por um Município falido. Será preciso libertar a educação das amarras ideológicas e combater a sexualização precoce de nossas crianças. Políticas sobre drogas, atendimento diferenciado às crianças com necessidades especiais e contraturno social são pilares importantes na busca de uma melhor qualidade de vida para todos os cidadãos de Toledo. Seremos a Prefeita e o vice prefeito do Povo. Em nossa administração, ninguém ficará para trás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *