América-MG faz jogo de paciência, vence o Paraná e segue vice-líder da Série B

Com um jogo de paciência, o América-MG venceu o Paraná por 1 a 0, neste sábado, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Foi mais um passo importante rumo à elite em 2021 porque agora o time mineiro já soma 53 pontos e continua na vice-liderança, somente atrás da Chapecoense.

Ao contrário, o Paraná vive uma situação negativa histórica. Perdeu seu oitavo jogo seguido, algo que nunca tinha acontecido antes. Esta nova derrota empurrou o time paranaense para a degola, abrindo a zona de rebaixamento com 29 pontos, em 17.º lugar. Quem saiu desta situação incômoda foi o Figueirense, que venceu o Cuiabá por 1 a 0, festejou a sua terceira vitória seguida e passou a ter 31 pontos, em 16.º.

De olho no acesso à elite, o América-MG entrou em campo focado, porém sem entrar em desespero para marcar seu gol. A orientação do técnico Lisca era tocar a bola com calma, até aparecer a chance ideal para a finalização. Mas não foi nada fácil porque encontrou o Paraná totalmente na defesa, abrindo mão de atacar.

Ameaçado pelo rebaixamento, o Paraná se armou com duas linhas de quatro e se postou bem atrás na tentativa de evitar as infiltrações mineiras. A paciência do América-MG, aos poucos, foi se tornando irritação.

A grande chance do primeiro tempo, é claro, foi do América-MG aos 17 minutos. Após levantamento na área, Rodolfo cabeceou de cima para baixo e o goleiro Renan saltou e deu um tapa na bola quase no chão. Uma grande defesa, que valeu gol para os paranaenses.

Ao contrario do que se esperava, o América-MG voltou para o segundo tempo com a mesma paciência no jogo, na espera de um erro de marcação adversária. O Paraná passou a tentar a ligação direta, com lançamentos longos para tentar alguma jogada ofensiva. Mas sem sucesso.

Só mesmo em uma jogada individual para mudar o placar. O lance tão esperado surgiu aos 33 minutos, quando Ademir desceu pelo lado direito, passou pela marcação de Hurtado e fez o levantamento alto para o outro lado do campo. Calyson bateu de primeira, com a perna esquerda, e acertou o canto direito do goleiro Renan. Na comemoração ele tirou a camisa e recebeu o cartão amarelo.

Depois disso, o Paraná precisou se abrir para tentar o empate. Mas não conseguiu pressionar o América-MG, que ainda passou a ter chances para ampliar o placar. Aos 49 minutos, o time paranaense teve a sua melhor chance quando Kaio tentou o gol olímpico e o goleiro Matheus Cavichioli deu um soco na bola. A vitória apertada foi muito comemorada pelos mineiros.

Pela 29.ª rodada, o América-MG vai enfrentar o Figueirense, nesta quinta-feira, às 19h15, em Florianópolis. Na mesma noite, porém às 21h30, o Paraná vai pegar o CRB, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 x 0 PARANÁ

AMÉRICA-MG – Matheus Cavichioli; Daniel Borges, Messias, Anderson e João Paulo (Joseph); Flávio (Sabino), Léo Gomes (Sávio) e Calyson; Ademir, Felipe Azevedo (Felipe Augusto) e Rodolfo (Léo Passos). Técnico: Lisca.

PARANÁ – Renan; Paulo Henrique, Rafael Lima, Luan e Hurtado (Jean); Jhony Douglas, Karl (Kaio) e Higor Meritão; Thiago Alves, Andrew (Bruno Gomes) e Andrey (Gabriel Pires). Técnico: Gilmar dal Pozzo.

GOL – Calyson, aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Flávio e Calyson (América-MG); Rafael Lima, Hurtado, Gabriel Pires, Bruno Gomes e Luan (Paraná).

ÁRBITRO – Vinícius Gomes do Amaral (RS).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).