Após primeiro ‘hat-trick’, Pedro garante: ‘Quero continuar evoluindo no Flamengo’

Reserva de luxo do artilheiro Gabriel Barbosa, o atacante Pedro continua mostrando em campo ter o faro de gols. Nesta sábado, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), ele escreveu mais uma página em sua curta carreira ao marcar os três gols (“hat-trick”), que deram a vitória do Flamengo sobre o Volta Redonda por 3 a 0, pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Carioca.

“Mérito total para a equipe. Nosso elenco é de alto nível, onde quem entra quer mostrar futebol e sempre em alto nível”, apontou o artilheiro de 23 anos, que ao final do jogo pegou a bola para guardar como recordação.

Agora ele já tem sete gols pelo Campeonato Carioca e garante que vai seguir crescendo a cada chance e a cada competição: “Quero continuar evoluindo”. Por fim, elogios a Michael, que fez duas assistências, e a Arrascaeta, que fez a outra com um toque de classe. Em todas jogadas, Pedro só teve, praticamente, o trabalho de concluir, típico de um centroavante oportunista.

No primeiro gol bateu seco, no segundo completou de chapa na pequena área e no terceiro empurrou a bola para as redes usando o peito quase em cima da linha após um levantamento com o peito de pé de Arrascaeta, já na pequena área e que encobriu o goleiro Andrey. “Sem palavras”, disse Pedro para o passe de muita técnica do uruguaio, como em campo fez questão de se ajoelhar e lustrar a chuteira de Michael pelos dois passes precisos.

Michael também deixou o campo muito elogiado por seus companheiros. Com os dois passes nos gols, agora ele tem seis assistências, na liderança do ranking interno. “Eu pedi para voltar mais cedo aos treinos porque eu quero jogar, sempre respeitando meus companheiros”, explicou o atacante, que achou a vitória justa. “Tentamos no primeiro tempo, mas só no segundo é que voltamos mais concentrados e achamos três gols. Acho que poderíamos ter feito até mais”, concluiu.