Após ver documentário, Lukaku diz que se motiva da mesma forma que Michael Jordan

Um dos destaques da Bélgica na Eurocopa, o atacante Romelu Lukaku comentou nesta sexta-feira que busca se motivar para os jogos da mesma forma que Michael Jordan: usando críticas contra ele para se tornar melhor e provar que os outros estão errados a seu respeito.

“Quando vi o Michael Jordan em ‘The Last Dance’ falando sobre como ele se motivava, pensei comigo mesmo: ‘Não estou sozinho”, disse. “Não estou dizendo que sou Michael Jordan, mas algumas pessoas precisam disso, não sou o único”, completou Lukaku.

O atacante da Internazionale de Milão disse que viu semelhança com o ídolo do Chicago Bulls após assistir ao documentário The Last Dance (Arremesso Final), que conta a trajetória da lenda do basquete. Lukaku falou que sua primeira reação ao ser criticado, ou quando as pessoas dizem que alguém é melhor do que ele, é “praticar para melhorar e mostrar o que posso fazer”.

“Cristiano (Ronaldo) sempre vai querer ser o melhor e quebrar todos os recordes. Mbappé sempre vai querer ganhar tudo e ser o próximo grande. As pessoas precisam de algo para se esforçarem. Eu também preciso disso”.

A Bélgica enfrenta Portugal pelas oitavas de final da competição neste domingo, às 16h, em Sevilha, na Espanha. Quem passar enfrenta o vencedor do confronto entre Itália e Áustria nas quartas.