Athletico-PR joga mal, mas vence o Aucas no Equador pela Sul-Americana

O Athletico-PR sofreu mais do que esperava, mas mesmo assim conseguiu vencer o Aucas por 1 a 0, no estádio Chillogallo, em Quito (Equador), pela primeira rodada do Grupo D da Copa Sul-Americana. O gol da vitória do time paranaense foi marcado pelo lateral-direito Erick ainda no primeiro tempo.

O futebol apresentado esteve longe de ser o esperado pelo torcedor. Para piorar, o Athletico-PR teve dificuldades diante de um time que recentemente teve surto de covid-19 com mais de 20 jogadores infectados e isolados das atividades. Tanto é que o Aucas chegou a ter apenas sete jogadores com condições de atuar em partida do Campeonato Equatoriano.

Independente disso, a vitória fora de casa coloca o Athletico-PR já na parte de cima da classificação da chave com três pontos. Mesma pontuação que o Melgar-PER, que mais cedo derrotou o Metropolitanos-VEN por 3 a 2, fora de casa.

O primeiro tempo foi fraco tecnicamente e o Athletico-PR pouco fez para merecer a vantagem conquistada no placar. Aliás, o gol do time paranaense, que saiu aos 37 minutos, foi fruto da falha de marcação do time equatoriano, que deixou Erick sozinho na área para balançar as redes.

Na etapa final a partida seguiu com os dois times abusando dos erros de passe e criando muito pouco no campo ofensivo. Aos 30 minutos o time brasileiro ficou em vantagem numérica, já que Cuero Quiñónez agrediu o atacante Matheus Babi e acabou sendo expulso de campo.

Com um homem a mais e com o Aucas querendo ao menos o empate, o Athletico-PR teve mais espaços para contra-ataques e poderia ter feito o segundo gol. Aos 40 minutos, o estreante Matheus Babi, ex-Botafogo, recebeu cruzamento na área e finalizou pela linha de fundo. Nos minutos finais o time equatoriano ainda esboçou pressão pelo empate, mas a zaga do time brasileiro levou a melhor e garantiu os três pontos fora de casa.

O Athletico-PR voltará a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Metropolitanos às 19h15, na Arena da Baixada, em Curitiba. Já o Aucas, no mesmo dia, mas às 21h30, visitará o Melgar, em Arequipa, no Peru.