Barcelona supera a Real Sociedad de virada e diminui distância para os líderes

Em jogo adiantado da 19ª rodada do Campeonato Espanhol, o Barcelona derrotou a Real Sociedad, segunda colocada, por 2 a 1 nesta quarta-feira, em casa, no Camp Nou, e engatou o segundo triunfo seguido. Com isso, o time catalão se aproximou dos líderes do torneio e acabou ajudando o arquirrival Real Madrid, que briga pela ponta. O brasileiro Willian José marcou para os visitantes e Alba e De Jong balançaram as redes pelos anfitriões, que venceram de virada.

O resultado coloca o Barcelona na quinta colocação, com 20 pontos conquistados em 12 partidas, agora mais perto dos líderes da liga espanhola. A equipe catalã está a seis pontos do líder Atlético de Madrid e também da própria Real Sociedad, que aparece no segundo lugar por ter menos vitórias que a equipe madrilenha e perdeu a chance de assumir a ponta de forma isolada.

O Barcelona não fez uma partida brilhante, algo que já não consegue há muito tempo. No entanto, foi mais seguro defensivamente em relação aos duelos anteriores diante de um rival que está à sua frente na tabela, teve mais volume de jogo e mostrou eficiência no ataque.

Os donos da casa, porém, começaram devagar. Os visitantes aproveitaram essa apatia do rival e abriram o marcador na primeira chance que tiveram, com o brasileiro Wllian José, que completou cruzamento rasteiro de Portu para as redes, sem goleiro, aos 26 minutos da primeira etapa.

A resposta do Barça veio rápido. Quatro minutos depois de sair atrás no placar, o time anfitrião empatou com Jordi Alba. Messi começou a jogada e cruzou na segunda trave. Griezmann pegou a sobra e tocou para o meio para o lateral-esquerdo chegar finalizando de direita, no ângulo.

Aos 36, Griezmann, mais participativo do que em outros jogos, driblou o goleiro e acertou a trave. Aos 42 veio a virada. Jordi Alba cruzou pela esquerda e De Jong mandou para as redes. A arbitragem marcou impedimento no lance, mas o VAR confirmou que o meio-campista estava em posição legal e validou o gol.

No começo do segundo tempo, o time do técnico Ronald Koeman continuou melhor e dominou o adversário. Griezmann perdeu chance inacreditável sem goleiro e depois obrigou o goleiro Remiro a fazer boa defesa. O ritmo dos anfitriões diminuiu e a Real Sociedad cresceu. Isak teve duas boas chances para empatar, mas foi desarmado por Pedri na primeira e viu Ter Stegen brilhar com grande defesa na segunda. No fim, o Barça sustentou a vantagem e assegurou os três pontos.