Basquete: São Paulo e Sesi Franca estreiam com vitória na Champions

A edição 2021 da Champions League das Américas – o equivalente à Libertadores no basquete masculino – começou bem para os representantes brasileiros. Na segunda-feira (1), São Paulo e Sesi Franca estrearam com vitórias nos Grupos B e C, respectivamente, que têm Buenos Aires (Argentina) como sede do primeiro turno. Os tricolores atropelaram o Universidad de Concepción (Chile) por 94 a 47, enquanto os francanos superaram o anfitrião Obras Sanitarias (Argentina) por 93 a 88.

Os clubes paulistas voltam à quadra nesta terça-feira (2), contra dois times argentinos. Às 17h10 (horário de Brasília), o Franca enfrenta o San Lorenzo. O São Paulo, por sua vez, joga às 20h10 contra o Quimsa, atual campeão das Américas.

O Tricolor não teve dificuldade alguma contra o Concepción, acumulando o dobro de pontos do adversário. No intervalo, o placar já marcava 51 a 26 a favor dos tricolores. O ala-pivô Jefferson William anotou um duplo-duplo, com 17 pontos (cestinha da noite) e 11 rebotes. E não foi o único: o pivô Gerson fez 13 pontos e também apanhou 11 rebotes.

Já o duelo entre Franca e Obras foi extremamente equilibrado. As equipes iniciaram o segundo tempo empatadas e assim permaneceram ao fim do terceiro período. Somente na reta final do último quarto é que os paulistas conseguiram abrir uma diferença de cinco pontos. O ala-armador francano Jamaal Smith, com 25 pontos, foi o cestinha da partida.

Flamengo e Minas Tênis Clube são os outros representantes brasileiros na Champions e se enfrentam logo na estreia de ambos, nesta quarta-feira (3), às 21h, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, em duelo que opõe os dois primeiros colocados da temporada 2020/2021 do Novo Basquete Brasil (NBB). O ginásio carioca é a primeira sede do Grupo D, que ainda tem o Instituto de Córdoba (Argentina), rival dos mineiros na quinta-feira (4), às 19h40; e do Rubro-Negro na sexta-feira (5), a partir das 21h10.

Na primeira fase da competição, são 12 participantes divididos em quatro grupos, com três equipes em cada. Os times jogam três vezes entre si, dentro das respectivas chaves. Cada turno será realizado em ginásios diferentes, sem presença de público e com acesso restrito de pessoas, conforme o protocolo de combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O segundo turno está marcado para 4 a 9 de março e o terceiro para os dias 24 a 29 do mesmo mês. A Federação Internacional de Basquete (FIBA) ainda não divulgou os ginásios em que os próximos turnos serão realizados. O campeão de cada grupo vai à fase final, que será disputada entre 8 e 13 de abril, sem sede definida.

Da Agência Brasil