Berrettini derrota Hurkacz e está na final do Torneio de Wimbledon

Os italianos vão concentrar todas as suas atenções em Londres no domingo. Além da final da Eurocopa, a Itália também será representada na decisão do título de Wimbledon por Matteo Berrettini, que, nesta sexta-feira, derrotou na semifinal o polonês Hubert Hurkacz, com parciais de 6/3, 6/0, 6/7 (3/7) e 6/4.

O adversário de Berrettini, que vai tentar o primeiro título de Grand Slam, na final de domingo sairá ainda nesta sexta-feira, após o confronto entre o sérvio Novak Djokovic e o canadense Denis Shapovalov.

Berrettini vai tentar ser o primeiro tenista italiano a conquistar um dos quatro principais torneios de tênis desde a vitória de Adriano Panatta em Roland Garros, em 1976. Ele soma dez triunfos em Wimbledon e 30 em Grand Slam.

Diante de Hurkacz, que havia eliminado Roger Federer nas quartas de final, com direito a um ‘pneu’, Berrettini teve de ser constante para poder buscar duas quebras de serviço no sétimo e nono games para vencer o primeiro set. Com moral, o italiano não deu oportunidade ao rival no segundo set e ‘vingou’ Federer ao obter também um ‘pneu’.

Hurkacz não se intimidou e buscou forças para manter a partida equilibrada a ponto de levar a decisão do terceiro set para o tie-break. Com vacilos de Berrettini, o polonês conseguiu fechar e levar a partida para o quarto set.

Com um saque forte e preciso, Berrettini abriu 2 a 0, soube administrar a vantagem no placar para obter a vitória e atingir a sonhada final na lendária grama de Wimbledon.