Brasileiros Ferrão e Amandinha são eleitos melhores do mundo em 2021 no futsal

Quando o assunto é a bola pesada, os brasileiros Ferrão e Amandinha são referência. Os dois jogadores consolidaram ainda mais seus legados ao serem eleito pela terceira e pela oitava vez consecutiva, respectivamente, como os melhores jogadores de futsal do mundo. A indicação, relativa à temporada 2021, veio do tradicional site Futsal Planet, que reúne o veredicto de profissionais do meio e é considerada a principal premiação da modalidade.

Pela seleção brasileira, Ferrão disputou o Mundial da Lituânia, com a organização da Fifa, em que o time nacional terminou no pódio, com a terceira colocação. Individualmente, o pivô foi o artilheiro da competição, com nove gols marcados ao longo da campanha.

Com a camisa do Barcelona, o atleta conquistou o título da liga espanhola de futsal e levou a equipe catalã até a decisão da Liga dos Campeões da modalidade. O prêmio reitera a grande fase de Ferrão – é o terceiro título de melhor jogador do mundo consecutivo para o brasileiro. Em 2019 e 2020, o pivô também foi o grande vencedor da cerimônia chancelada pelo Futsal Planet, iniciada em 2000.

O Brasil também foi representado por outros dois atletas dentro do Top 10 de melhores jogadores do mundo. O pivô Pito ficou na quarta colocação, enquanto que o fixo Rodrigo figurou na 10.ª posição.

FEMININO – A ala Amandinha liderou pela oitava vez seguida a liderança do ranking entre as mulheres. Desde 2014, a craque se mantém, ininterruptamente, no topo da modalidade mundial. O prêmio do Futsal Planet conta com a categoria de melhor jogadora do mundo desde 2007.

Atualmente no Torreblanca, da Espanha, a brasileira foi eleita a melhor do mundo principalmente pelos seus feitos no clube anterior, o Leoas da Serra. Com a equipe nacional, faturou a Taça Brasil, a Copa do Brasil, a Libertadores da América, a Copa das Campeãs e o Intercontinental.

No Top 10 de melhores atletas de futsal do mundo, o Brasil conta com mais cinco representantes além de Amandinha: Renatinha (quarta colocada), Taty (quinta), Emilly (sexta), Débora (nona) e Luana (10.ª).