Bruno Soares e Mate Pavic vencem e avançam à decisão do Masters 1000 de Paris

O brasileiro Bruno Soares e o croata Mate Pavic estão na final da chave de duplas do Masters 1000 de Paris, na França. Por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/4), eles venceram neste sábado o francês Edouard Roger-Vasselin e o austríaco Jürgen Melzer. Na decisão deste domingo terão pela frente o polonês Hubert Hurkacz e o canadense Félix Auger-Aliassime, que derrotaram o brasileiro Marcelo Melo e o também polonês Lukasz Kubot.

Soares e Pavic buscam o terceiro título da parceria. Eles já conquistaram o Masters 1000 de Xangai, na China, em 2019, e o US Open, em 2020, além de terem batido na trave em Roland Garros, também em Paris, neste ano, e no ATP 250 de Estocolmo, na Suécia, no ano passado.

A vitória deste sábado, inclusive, serviu como uma revanche particular contra Roger-Vasselin, que havia sido o algoz na capital sueca, ao lado do finlandês Henri Kontinen.

O brasileiro e o croata controlaram as ações da partida no primeiro set. Após perderem uma chance de quebra no terceiro game, aproveitaram a oportunidade no sexto, quando abriram 4/2. Sem dificuldade para confirmarem os serviços seguintes, fecharam a parcial em 6/3.

E se o primeiro set foi tranquilo, o panorama foi outro no segundo. Soares e Pavic conseguiram a quebra no começo e abriram 3/1. Tudo indicava uma vitória sem grandes obstáculos. Mas a emoção ficou toda para a reta final.

A dupla sacou para a partida com 5/4 no marcador e chegou a ter um match point, mas acabou sendo quebrada. Sem se abalarem, o brasileiro e o croata forçaram a disputa do tie-break e se impuseram na hora certa para alcançar o triunfo por 7 a 4 e avançar à decisão em Paris.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *