Calderano vence sul-coreano e está nas quartas da 1ª etapa do Circuito Mundial

O brasileiro Hugo Calderano conquistou uma grande vitória no WTT Contender, primeira competição internacional de 2021 no Circuito Mundial de Tênis de Mesa. Nesta quinta-feira, na Lusail Sports Arena, em Doha, no Catar, bateu o sul-coreano An Jaehyun, semifinalista do último Mundial Individual, por 3 sets a 1 (9/11, 11/7, 11/5 e 11/4).

Nesta sexta-feira, Calderano enfrenta o francês Simon Gauzy, um adversário muito conhecido, pelas quartas de final da competição. Atual 20.° do mundo, aos 26 anos, é colega do brasileiro no Liebherr Ochsenhausen, da Alemanha. Treinam juntos diariamente e são muito próximos fora das mesas. Em confrontos internacionais, Gauzy leva vantagem: 3 a 1. Na última partida entre os dois, exatamente no Aberto do Catar, em 2020, Calderano perdeu por 4 sets a 1.

A partida contra An Jaehyun, 39.° do ranking mundial, mostrou um Calderano muito mais racional e preciso na mesa. O sul-coreano, que surpreendeu ao sair da fase de grupos do Mundial e chegar na semifinal, batendo diversos grandes craques do tênis de mesa, prometia ser um adversário bem complicado no caminho do brasileiro.

E assim foi, pelo menos no primeiro set. Um jogo muito equilibrado e rápido, com o sul-coreano levando vantagem no final por 11 a 9. Foi o único momento em que o asiático teve superioridade na mesa. A partir do segundo, só deu Calderano. Ele abriu boa vantagem a partir da metade da parcial e empatou o confronto. Com o jogo encaixado, seguiu impondo seu ritmo nas parciais seguintes e não deu mais chances ao adversário, fechando a partida em 3 a 1.

“Foi um jogo muito bom do Hugo. No início, o An acertou tudo, conseguiu impor o ritmo dele. Mas, já no segundo set, o Hugo achou várias soluções para sacar e mudou bastante a profundidade das recepções. O sul-coreano não conseguiu adaptar-se e o Hugo teve o controle inteiro do jogo. Foi um jogo bem inteligente, muito positivo”, disse o técnico de Calderano, o francês Jean-René Mounié.