Centroavante da seleção, Gabriel Jesus admite que precisa aprimorar a finalização

Gabriel Jesus vem ganhando mais espaço no Manchester City com a ausência de Agüero. No domingo, mais uma vez ele inicia um jogo do líder do Campeonato Inglês. Antes do confronto com o Liverpool, no Anfield Road, o centroavante da seleção brasileira assumiu que necessita aprimorar as finalizações.

A constatação vem após gols em dois jogos seguidos. O atacante definiu a vitória diante do Burnley, há duas rodadas, por 1 a 0, e abriu caminho no triunfo sobre o Sheffield United, por 2 a 0, ao narcar de cabeça. São seis gols na temporada e um bom aproveitamento das chances dadas por Pep Guardiola.

“Sei que estou jogando bem, ajudando quem está ao meu redor nos jogos, mas admito que preciso melhorar minha finalização”, admitiu Gabriel Jesus. “Às vezes, passo quando deveria chutar, mas há espaço para crescer e tempo para aprender.”

Melhorando, ele tem tudo para ser o maior brasileiro da história do clube de Manchester. Desde 2017 na Inglaterra, Jesus tem 75 gols com a camisa do City, sendo 44 no Campeonato Inglês, no qual já distribuiu outras 18 assistências.

E o camisa 9 é uma espécie de talismã sob o comando de Guardiola no clube. Sendo dirigido pelo espanhol, quando ele balança as redes adversárias, o City soma o resultado positivo.

O City com Guardiola ganhou 34 de 36 partidas em que Jesus marcou. Foram outros dois empates. Como o técnico já anunciou mais uma vez a ausência de Agüero, e também não terá De Bruyne, Jesus terá nova chance de ampliar suas marcas positivas.