Clube sérvio pede desculpas a Ibrahimovic por ofensas de torcedores

A diretoria do Estrela Vermelha fez um pedido público de desculpas ao craque Zlatan Ibrahimovic por conta das ofensas proferidas por torcedores na partida entre o time sérvio e o Milan, na quinta-feira, pela fase de mata-mata da Liga Europa. O jogo foi disputado em Belgrado, capital da Sérvia.

“O Estrela Vermelha condena com sua expressão mais forte as ofensas direcionadas a Zlatan Ibrahimovic. Como clube, nós fazemos tudo que podemos para garantir que a organização da partida esteja no nível das duas grandes equipes e não vamos permitir que um indivíduo primitivo manche a conhecida hospitalidade do nosso país e do nosso povo”, registrou o clube sérvio, que prometeu punir os culpados.

Na quinta, durante parte do jogo entre Estrela Vermelha e Milan, Ibrahimovic foi alvo de ofensas étnicas enquanto estava no banco de reservas da equipe italiana – ele não chegou a entrar em campo. O atacante sueco ouviu diversos xingamentos por ter ascendência croata e bósnia. Apesar de dominar a língua local e compreender as ofensas, Ibrahimovic não respondeu aos ataques.

A partida não poderia ter sido disputada com torcedores nas arquibancadas, em razão das restrições causadas pela pandemia de covid-19. Porém, numerosos fãs do Estrela Vermelha acompanharam a partida de um trecho do estádio onde só deveria haver oficiais e dirigentes.

Os torcedores do clube sérvio são conhecidos na Europa por episódios de violência, que frequentemente envolvem insultos racistas e étnicos contra bósnios, croatas e kosovares, contra quem a Sérvia se envolveu em guerras em meio à dissolução da Iugoslávia, na década de 90.