Clubes brasileiros e argentinos dominam mata-mata da Copa Libertadores

A Conmebol define nesta terça-feira em Luque, no Paraguai, os confrontos das oitavas de final da Copa Libertadores, principal competição de clubes do continente. Das 16 equipes classificadas e envolvidas no sorteio, 12 representam Brasil ou Argentina no primeiro mata-mata da competição – 75% do total. Os intrusos são Olimpia e Cerro Porteño, do Paraguai, Barcelona, do Equador, e Universidad Católica, representante do Chile.

O domínio se acentuou depois de uma série de mudanças que a confederação realizou no torneio no final de 2016, ano em que Atlético Nacional, da Colômbia, e Independiente del Valle, do Equador, decidiram o título. Na ocasião, a equipe colombiana ficou com o troféu após vitória por 1 a 0 no estádio Atanasio Girardot, em Medellín, com gol do centroavante colombiano Miguel Borja.

No fim da temporada, a Conmebol decidiu estender o calendário da competição durante todo o ano e aumentar o número de vagas. O Brasil, que até 2016 tinha cinco (quatro via Campeonato Brasileiro e uma para o campeão da Copa do Brasil), passou a ter sete.

Os argentinos também foram agraciados com mais uma vaga. O número de representantes, que era de cinco até 2016, passou para seis a partir da temporada seguinte.

Desde então, a presença dos dois países nas oitavas de final ficou mais acentuada. No ano passado, das 16 equipes, nove pertenciam a Brasil ou Argentina. Nos anos anteriores – em 2019, 2018 e 2017 -, o número de representantes da dupla foi de 10, 12 e 10, respectivamente.

Curiosamente, os quatro campeões deste período foram Grêmio, River Plate, Flamengo e Palmeiras. A última final com uma equipe de outro país foi justamente em 2016, entre Atlético Nacional e Independiente del Valle, ano em que a Conmebol optou por mudanças.

O sorteio ocorre nesta terça-feira, a partir das 13 horas (de Brasília). O Brasil é representado por Atlético-MG, Flamengo, Fluminense, Internacional, Palmeiras e São Paulo. Os confrontos das oitavas de final estão marcados para julho.

Confira a divisão dos potes das oitavas de final da Libertadores:

Pote 1 – Palmeiras, Internacional, Barcelona-EQU, Fluminense, Racing-ARG, Argentinos Juniors-ARG, Flamengo e Atlético-MG;

Pote 2 – Defensa y Justicia-ARG, Olimpia-PAR, Boca Juniors-ARG, River Plate-ARG, São Paulo, Universidad Católica-CHI, Vélez Sarsfield-ARG e Cerro Porteño-PAR.