Colecionadores de taças, Cruzeiro e Vasco se encontram na Série B em busca de paz

Cruzeiro e Vasco são campeões do Brasileirão, da Copa do Brasil e da Libertadores, mas hoje vivem momentos diferentes. Dois dos gigantes nacionais disputam a Série B do Campeonato Brasileiro e não estão nada bem. Esse duelo de estrelas apagadas será visto nesta quinta-feira, às 21h30, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), pela sexta rodada.

Derrotado pelo Operário, por 2 a 1, em Ponta Grossa (PR), o Cruzeiro tem apenas uma vitória e está na zona de rebaixamento, no 17.º lugar, com quatro pontos. O Vasco, por sua vez, chega animado pelos 3 a 0 em cima do CRB, mas ainda assim ocupa posição modesta, no 10.º lugar, com sete pontos, a três do G4 zona de acesso.

No Cruzeiro, o técnico Mozart Santos não terá os zagueiros Weverton, expulso na rodada passada, e Eduardo Brock, com lesão na coxa esquerda. Ramon e Paulo assumem o sistema defensivo do clube mineiro.

Na lateral direita, Raúl Cáceres volta após cumprir quarentena por causa da Covid-19. Assim, Rômulo volta a disputar lugar no meio-campo com Giovanni. Certa mesmo é a presença de Felipe Augusto no time titular.

“Eu estou utilizando ele (Felipe Augusto) mais como um ala atacante, porque ele é um jogador de defesa na hora de marcar, mas ele se torna um atacante na hora de nós atacarmos. Ele tem essa capacidade física. A ideia é mantermos essa estrutura, é mantê-lo nessa posição”, explicou Mozart Santos.

O experiente volante Rômulo, um dos líderes do Vasco, testou positivo para Covid-19 e será desfalque. Michel, que ficaria com a vaga no meio-campo, será preservado por conta da maratona de jogos. Com isso, Andrey deve ganhar nova chance no time titular.

Cabo também segue sem poder contar com Léo Matos, com edema na coxa. Ele já havia sido desfalque na rodada passada, assim como o goleiro Vanderlei, em quarentena por causa do novo coronavírus. Com isso, Lucão segue no gol.

“O Vasco tem um elenco comprometido e qualificado e vamos continuar trabalhando muito para buscar essa sequência de vitórias e entrar no G4, que é nosso objetivo”, declarou Marcelo Cabo.