Com 3º goleiro, Coritiba acumula desfalques em jogo que pode ser rebaixado

A missão do Coritiba já não era fácil neste sábado. Para piorar, o técnico Gustavo Morínigo acumula desfalques. Serão sete ausências contra o Santos na Vila Belmiro, às 19 horas, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem vencer há quatro jogos, o clube paranaense poderá ser rebaixado nesta rodada.

O goleiro Wilson, o zagueiro Rhodolfo e meia-atacante Rafinha estão suspensos, enquanto o lateral-direito Natanael, o meia Matheus Galdezani e o atacante Cerutti foram vetados. Além deles, o goleiro Alex Muralha, que vinha sendo reserva, sequer foi relacionado por estar em fim de contrato.

Assim, Arthur, prata da casa de 23 anos, terá sua primeira chance como titular. Na lateral direita, Jonathan ficará no lugar de Natanael, enquanto Guilherme Biro assumirá a lateral esquerda. No meio, Sarrafiore sai na frente de Luiz Henrique pela vaga de Matheus Galdezani.

No ataque, Robson deve ser titular após se recuperar de covid-19. Outro que passou pela quarentena e ficará à disposição é Pablo Thomaz. Já os pratas da casa Márcio Silva e Ângelo aparecem no grupo que viajou para o litoral paulista.

Na penúltima colocação, o Coritiba está virtualmente rebaixado para a Série B. Soma 28 pontos, nove a menos do que o Bahia, primeiro clube fora da zona do descenso. Mesmo com um jogo a menos que seus concorrentes diretos – 34 a 35 – o Coritiba não depende mais só de si para se manter na elite. Se o Bahia vencer um de seus três jogos, vai rebaixar o time paranaense, que está bem atrás no número de vitórias: 10 a 6.