Com pandemia, Noruega muda de ‘casa’ nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022

A restrição de viagens imposta por alguns países da Europa por conta da pandemia do novo coronavírus começa a causar consequências em 2021 nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que será no Catar. Depois do adiamento de jogos na Ásia, a Noruega anunciou nesta terça-feira que não jogará em casa no começo do qualificatório europeu.

A seleção norueguesa é a primeira na Europa a anunciar mudança de sede por causa das medidas tomadas para evitar a disseminação da covid-19. No dia 27 de março, pela segunda rodada das Eliminatórias, a equipe vai enfrentar a Turquia na cidade de Málaga, na Espanha, ao invés de Oslo, sem a presença de público no estádio. A estreia, três dias antes, será contra Gibraltar, fora de casa.

A alteração de sede já vem acontecendo na rodada de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa e da segunda fase da Liga Europa, especialmente com clubes da Inglaterra por causa de restrição de viagens para o Reino Unido.

Na Ásia, apenas quatro de 20 partidas programadas pela rodada das Eliminatórias da Copa de 2022 serão realizadas em março. O resto do programação foi adiada para junho devido aos protocolos de saúde atuais.

A Fifa estendeu isenções nas regras de liberação obrigatória em meio à pandemia porque jogadores de todo o mundo podem ter a permissão recusada por seus clubes para se juntarem às suas seleções nacionais.