Com transmissões ao vivo, Fase Final da LDB 2021 começa nesta segunda-feira

O Campeonato Brasileiro Interclubes – Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB) 2021, realizado com o apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), chegou ao seu momento decisivo. Após a conclusão da fase classificatória, realizada em duas etapas, oito times continuam vivos e lutarão pelo título da competição nacional Sub-22: Paulistano, Pinheiros, Cerrado, Sesi Franca, Minas, Corinthians, Rio Claro e São Paulo.

A Fase Final terá início nesta segunda-feira (27/09) e durará até o sábado (02/10), data da grande final do campeonato. Os jogos acontecerão no Ginásio Antonio Prado Jr, casa do Paulistano, com transmissões ao vivo no Youtube do NBB e na Twitch, nos canais Café Belgrado e Basquete Pra Vida.

Sistema de disputa

Neste primeiro momento da Fase Final, as equipes foram divididas em dois grupos (C e D), com quatro membros cada. Neles, os times se enfrentarão em um sistema de todos contra todos, mas apenas dentro de cada chave: 

Grupo C: Paulistano (1º), São Paulo (4º), Cerrado (2º) e Minas (3º).

Grupo D: Pinheiros (1º), Rio Claro (4º), Sesi Franca (2º) e Corinthians (3º). 

Após os duelos, os dois primeiros colocados de cada grupo avançarão às semifinais e, posteriormente, às finais. Nessa etapa, os confrontos serão em jogo único, no seguinte chaveamento:

1º Grupo C x 2º Grupo D

1º Grupo D x 2º Grupo C

A final será realizada no dia 02 de outubro, às 18h, logo após a disputa de 3º e 4º lugar. Paralelamente às semifinais e final, a disputa de 5º a 8º acontecerá com o seguinte modelo de disputa: 3º colocado do grupo C x 4º colocado do grupo D (Jogo 01), 3º colocado do grupo D x 4º colocado do grupo C (Jogo 02). 

Perdedor do Jogo 01 x Perdedor do Jogo 02 (Disputa de 7º à 8º) e Vencedor do Jogo 01 x Vencedor do Jogo 02 (Disputa de 5º e 6º). Confira a tabela completa no final da matéria.

Atual bicampeão, Pinheiros defende larga invencibilidade

Apenas duas equipes ainda não conheceram o sabor da derrota na LDB 2021, e uma delas é o Pinheiros, líder do Grupo B. Sob o comando de David Pelosini, a equipe venceu os dez jogos disputados até agora na competição e figura entre os favoritos ao título.

E a marca é ainda mais expressiva se somarmos as edições anteriores: após ser campeão da LDB 2018 com apenas duas derrotas, o time pinheirense foi campeão invicto da LDB 2019 – são três anos de invencibilidade, visto que não tivemos LDB 2020, devido à pandemia do Covid-19.

A coletividade do Pinheiros chama a atenção, principalmente pelo entrosamento entre nomes importantes da equipe, como os armadores Gabi Campos e Buffat, os alas Gui Abreu e Danilo Sena e os pivôs Dikembe e Paulo Scheuer.

Com 100% de aproveitamento, Paulistano mantém foco no bi 

A outra equipe que não sabe o que é perder na LDB 2021 é o Paulistano, líder do Grupo A. Após dez vitórias – sendo a última delas com direito a game-winner do armador Matheus Buiu no último segundo -, o time paulistano chega com moral na Fase Final da LDB e busca aproveitar a vantagem de jogar em seu próprio ginásio para chegar o mais longe possível no campeonato. 

Curiosamente, os dois invictos da LDB têm como forte característica o jogo coletivo. Comandado pelo técnico Beto Jayme, o Paulistano rodou muito bem seu elenco durante a fase classificatória e fez jogos sólidos. Além de Buiu, o alas Anderson Barbosa e Jonatan e o ala/pivô Brunão também se destacaram nas duas primeiras etapas da competição e são as principais apostas do CAP, que detém um elenco recheado de boas opções. 

Cerrado sonha alto na Fase Final

Uma das surpresas desse momento decisivo da LDB é o Cerrado Basquete, 2º colocado no disputado Grupo B. O time de Brasília acumulou vitórias importantes na fase classificatória, como os triunfos sobre Rio Claro e Minas, duas equipes também classificadas para a Fase Final.

Reconhecidos por possuírem uma defesa forte dentro do garrafão e boa precisão nos arremessos de três pontos, a “experiente” equipe do Cerrado contou com nomes importantes em sua trajetória na LDB 2021, como o armador Robsinho, o ala Daniel Von Haydin e o pivô Serjão, todos eles comandados pelo jovem técnico Gabriel Millian.

Com elenco jovem, Franca chega para brigar pelo título

Quem figurou na 2ª colocação do Grupo A foi o Sesi Franca – foram nove vitórias em dez jogos. Com apenas uma derrota, o time francano foi competitivo durante toda a primeira fase e um adversário difícil para todos os times que os enfrentaram.

A tônica do Franca nesta LDB foi a constância em seu estilo de jogo, mesmo com as adversidades. Logo no fim da primeira etapa, os francanos perderam um de seus principais jogadores na competição até aquele momento, o ala/pivô Edu Marília, que deve retornar nesta Fase Final. Mesmo assim, a equipe do interior paulista manteve seu estilo de marcação pressão e força ofensiva, ficando atrás somente do Paulistano no Grupo A.

O bom desempenho do Franca passou muito pelas mãos do treinador Pablo Costa, que fez seus jovens jogadores jogarem em alto nível, como foi o caso do ala/pivô Márcio, do armador Adyel e dos alas Reynan e Vitor

Minas chega com moral após grande 2ª Etapa

Em um determinado momento da 2ª Etapa da LDB, o Grupo B estava completamente indefinido. Restavam apenas duas vagas e três times disputavam a passagem para a Fase Final da competição. Minas, Flamengo e Rio Claro brigavam jogo a jogo pela classificação e, após uma ”final antecipada”, o time minastenista derrotou o Flamengo na Gávea com direito a prorrogação e garantiu a vaga. 

Após um começo irregular na competição, a equipe do Minas se recuperou durante a 2ª Etapa da fase de classificação, venceu quatro jogos em cinco disputados e terminou a classificatória em 3º lugar do Grupo B, com seis vitórias em dez jogos. O técnico Renan Gitiony contou com grandes atuações do pivô Augusto e do ala/armador Gui Santos, nomes estes que são as apostas do Minas para o momento final da LDB.

+ Confira a Seleção da 2ª Etapa da LDB

Corinthians chega em boa fase para momento decisivo

Outro time que é necessário ficar de olho na Fase Final da LDB é o Corinthians, do técnico Vitor Galvani. Em 3º lugar no Grupo A, o alvinegro paulista encerrou os dez jogos classificatórios com oito vitórias. Um desses triunfos foi no clássico contra o São Paulo, no Ginásio do Morumbi, jogo no qual os corintianos tiveram grande desvantagem no placar e conseguiram a vitória no fim. O resultado positivo em um jogo desse tamanho foi muito comemorado e elevou a moral da equipe para o momento decisivo do campeonato. 

Os alas Pedro Nunes e Yan Djalo, o pivô Alê Ludwig, bem como o armador Felipe Dalaqua, são nomes que se destacaram individualmente pelo Corinthians nas primeiras fases da LDB e certamente serão referências da equipe para os duelos decisivos da competição Sub-22. 

Rio Claro quer continuar fazendo história

A grande surpresa da Fase Final da LDB é o Rio Claro, que figura entre os oito classificados pela primeira vez em sua história. Treinada pelo técnico Fernando Penna, a equipe do interior paulista finalizou suas partidas no Grupo B com seis vitórias em dez jogos, mesmo desempenho do Flamengo. A vaga foi definida pelo critério de desempate de confronto direto: o Rio Claro desbancou os cariocas e carimbou o passaporte para a Fase Final da LDB. 

Os armadores Eltinho e Luis, além do ala Arthur, foram os principais nomes de uma equipe jovem, mas que tem um sistema defensivo de veteranos. Foi graças à aplicação defensiva que os rio-clarenses conseguiram figurar entre os oito melhores e, agora, no momento mais importante do campeonato, querem continuar escrevendo seus nomes na história da Liga de Desenvolvimento de Basquete. 

Estreante na LDB, São Paulo lutará pelo topo 

O 4º colocado do Grupo A foi o São Paulo, que venceu sete jogos em dez disputados. Apesar das três derrotas, os são-paulinos foram competitivos em todos os jogos da LDB e venderam caro cada revés – os três jogos em que os tricolores saíram derrotados foram definidos apenas nos segundos finais.

O São Paulo conta com um dos cestinhas da LDB, o armador Matheus Eugeniusz, que acumula 18,2 pontos de média em dez jogos. Além dele, o armador Pedro e o ala Matheus Bernardo também são atletas importantes para o técnico Dinho, que gosta de um basquete forte nos dois lados da quadra.

Grupos da Fase Final da LDB:

Grupo C:

Paulistano

São Paulo FC

Minas Tênis Clube

Cerrado Basquete

Grupo D: 

EC Pinheiros

Rio Claro Basquete

Sesi Franca Basquete

Corinthians Basquete

Tabela de jogos com transmissões:

27/09 (Segunda-feira)

13h30 – Pinheiros x Rio Claro – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

15h45 – Minas x Cerrado – ao vivo no Youtube do NBB

18h – Paulistano x São Paulo – ao vivo no Youtube do NBB

20h15 – Sesi Franca x Corinthians – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

28/09  (Terça-feira)

11h15 – Rio Claro x Franca – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

13h30 – Corinthians x Pinheiros – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

15h45 – Cerrado x São Paulo – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

18h – Paulistano x Minas – ao vivo na Twitch do Basquete Pra Vida

29/09 (Quarta-feira)

11h15 – Corinthians x Rio Claro – ao vivo no Youtube do NBB

13h30 – Franca x Pinheiros – ao vivo no Youtube do NBB

15h45 – Minas x São Paulo – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

18h – Paulistano x Cerrado – ao vivo na Twitch do Basquete Pra Vida

01/10 (Sexta-feira)

11h15 – Disputa de 5º a 8º – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

13h30 – Disputa de 5º a 8º – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

15h45 – Semifinal 1 – ao vivo no Youtube do NBB

18h – Semifinal 2 – ao vivo no Youtube do NBB

02/10 (Sábado)

11h15 – Disputa do 7º lugar – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

13h30 – Disputa do 5º lugar – ao vivo na Twitch do Café Belgrado

15h45 – Disputa de 3º e 4º lugar – ao vivo no Youtube do NBB

18h – Final – ao vivo no Youtube do NBB

Da Assessoria