Corinthians anuncia ex-meia Alex como coordenador técnico das categorias de base

Um velho conhecido do Corinthians está de volta ao clube. Nesta quinta-feira, o ex-meio campista Alex, campeão do Brasileirão, em 2011, e da Libertadores, em 2012, foi anunciado como novo coordenador técnico das categorias de base e do sub-23 da equipe.

Amigo do presidente Duilio Monteiro Alves, o ex-atleta de 38 anos é o segundo campeão da Libertadores de 2012 a assumir um cargo na diretoria de futebol. O ex-capitão Alessandro Nunes, que ficou por dois anos fora do posto, reassumiu a gerência de futebol com o diretor Roberto de Andrade.

“É com muito orgulho que aceitei o convite do Duílio para fazer parte da sua gestão. Estarei na coordenação da base e sub-23 para integramos cada vez mais essas categorias com o profissional”, afirmou Alex. “Vamos trabalhar bastante e fortalecer esse grande trabalho que já está sendo feito com as pessoas que estão aqui”, completou.

Ele foi anunciado por Duilio, que lhe presenteou com a camisa 12, usada pelo jogador quando defendia a equipe alvinegra. “O Alex nos ajudou muito dentro de campo e agora vem compor a nossa gestão”, disse o presidente do Corinthians.

O ex-jogador demorou um pouco para dar a resposta ao convite porque mora longe de São Paulo, no interior do Pará, mas decidiu aceitar a proposta apesar das mudanças em sua vida pessoal.

O ex-atleta tem o certificado de Licença B da CBF, e nutria o desejo de ser treinador. Isso deve ficar para depois, no entanto. Agora, a missão é atuar como um dirigente, função em que terá a tarefa de ser o elo do sub-23 com o profissional.

No entendimento da diretoria, o ex-jogador se encaixa no perfil desenhado para realizar as mudanças no sub-23, que, no ano passado, foi alvo de muitas críticas por falta de organização e transparência. O elenco voltou aos treinos na última segunda-feira.

Alex atuou em 55 partidas e anotou nove gols pelo Corinthians em duas temporadas. Teve participação importante nos títulos da Libertadores – inédito – e do Campeonato Brasileiro. Sua trajetória no futebol terminou em 2017, após passagem pelo Internacional.