Coritiba bate o Remo e chega à 5ª vitória consecutiva na Série B

O Coritiba alcançou a sua quinta vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro da Série B na noite desta sexta-feira, quando recebeu o Remo e venceu por 2 a 1, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), pela nona rodada. Léo Gamalho, duas vezes, e Erick Flores marcaram os gols da partida no segundo tempo.

O time paranaense vinha de quatro vitórias em sequência: Vila Nova (1 a 0 fora), Vitória (1 a 0, em casa), Guarani (2 a 0 fora) e Confiança (1 a 0, fora). Retrospecto que mantém o time na vice-liderança, agora com 19 pontos dois a menos que o líder Náutico, que nesta noite goleou o Operário por 5 a 0.

O Remo segue em situação delicada na competição. São seis jogos sem vencer, sendo quatro empates e duas derrotas. O time é o 17º colocado com sete pontos ganhos. Anunciado na quinta-feira, o técnico Felipe Conceição, ex-Cruzeiro, ainda não estreou, com o time sendo dirigido pelo auxiliar Netão.

Mesmo pressionado e fora de casa, o Remo foi quem teve as melhores oportunidades de gol no primeiro tempo. O time paraense soube envolver o Coritiba com o toque de bola e só não abriu o placar antes do intervalo por incompetência do seu ataque. O Coritiba, num dos raros momentos em que foi efetivo, colocou o goleiro Vinicius para trabalhar aos 28 minutos em chute de Léo Gamalho.

No segundo tempo, o Coritiba voltou um pouco melhor e pressionando o Remo. Tanto é que abriu o placar logo aos 11 minutos, quando Léo Gamalho arriscou de fora da área, ela desviou no zagueiro Kevem, enganou o goleiro e parou no fundo das redes. Um lance de sorte do centroavante.

Só que a resposta do Remo foi imediata. No minuto seguinte, aos 12, Igor Fernandes desceu em velocidade pelo lado esquerdo e encontrou o baixinho Erick Flores, que subiu mais que Henrique e cabeceou sem chances de defesa para o goleiro Wilson.

O empate não desanimou o Coritiba, que seguiu no ataque e conseguiu chegar ao gol da vitória aos 29 minutos. Após cruzamento na área, Léo Gamalho apareceu sem marcação e testou firme para as redes, dando números finais ao confronto.

O Coritiba volta a campo na terça-feira para enfrentar o Cruzeiro, às 19 horas, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Enquanto o Remo jogará na quinta-feira diante do Vila Nova, às 21 horas, no Baenão, em Belém (PA).

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 1 REMO

CORITIBA – Wilson; Natanael, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Matheus Sales, Val (Gustavo Bochecha) e Robinho (Rafinha); Waguininho (William Alves), Léo Gamalho (Romário) e Igor Paixão (Igor). Técnico: Gustavo Morínigo.

REMO – Vinícius; Thiago Ennes, Romércio, Kevem e Igor Fernandes (Marlon); Anderson Uchoa (Arthur), Lucas Siqueira, Felipe Gedoz e Erick Flores (Wallace); Rafinha (Tiago Miranda) e Renan Gorne (Edson Cariús). Técnico: Netão (interino).

GOLS – Léo Gamalho, aos 11 e 29 minutos; Erick Flores, aos 12 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Adriano Barros Carneiro (CE)

CARTÕES AMARELOS – Matheus Sales (Coritiba); Thiago Ennes, Romércio e Tiago Miranda (Remo).

LOCAL – Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).