Correção: Fluminense faz 2 a 0 no Red Bull Bragantino e fica perto das oitavas

Texto enviado anteriormente tinha um erro na ficha técnica. Os dois gols do Fluminense foram marcados no segundo tempo. Segue versão corrigida.

O Fluminense ficou próximo de uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, ao vencer o Red Bull Bragantino, por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã. Com o resultado, o time do técnico Roger Machado poderá até perder por um gol de diferença, que ainda assim estará classificado.

Fluminense e Bragantino corresponderam à expectativa de uma boa partida. Os primeiros 45 minutos tiveram dois momentos bem distintos, com os 25 minutos iniciais pertencentes ao time paulista, que chegou a ter quase 70% da posse de bola.

Mas a marcação pressão do Bragantino diminuiu e o domínio do jogo passou para os cariocas, com destaque para a participação dos veteranos Nenê e Fred. Aliás, a primeira grande oportunidade surgiu aos 23 minutos, com Nenê, que levou perigo para o gol de Júlio César.

O Bragantino respondeu em grande estilo dez minutos mais tarde, depois que Lucas Evangelista quase fez um golaço, ao dar um chapéu em Lucas Claro e bater rente à trave direita de Marcos Felipe.

Com marcação forte das duas defesas, com destaque para a dupla de zaga do Bragantino, formada por Léo Ortiz e Fabrício Bruno, o jeito foi arriscar de longe e quem se deu melhor foi Yago, que obrigou Júlio César a fazer bela defesa.

Se no primeiro tempo houve equilíbrio, a segunda etapa foi toda do Fluminense, que forçou a marcação na saída de bola do Bragantino, que, por sua vez, pareceu sentir um pouco parte física. Com isso, os cariocas encontraram espaços como no contra-ataque aos 15 minutos.

Lançado, Fred tocou para Gabriel Teixeira e recebeu de volta para marcar seu gol número 35 em jogos da Copa do Brasil. Ele fica só um atrás de Romário, o maior goleador da competição nacional.

Aos 24, o Fluminense apertou a saída de bola do Bragantino. Abel Hernández, que entrou no lugar de Fred,, roubou a bola, tocou para Nenê, que descobriu Yago Felipe. O meia tocou com grande categoria para Abel Hernández, que decidiu: 2 a 0.

Daí em diante, o Bragantino desanimou e o Fluminense poderia ter acumulado uma vantagem definitiva para o segundo duelo em Bragança Paulista na próxima semana.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 X 0 RED BULL BRAGANTINO

FLUMINENSE – Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe (Wellington), Nenê (Ganso) e Caio Paulista (Luiz Henrique); Fred (Abel Hernández) e Gabriel Teixeira (Kayky). Técnico: Roger Machado.

RED BULL BRAGANTINO – Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar (Luan Cândido); Ramires (Jadsom Silva), Lucas Evangelista, Cuello (Alerrandro) e Artur; Ytalo (Pedrinho) e Helinho (Weverson). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS – Fred aos 15 e Abel Hernández aos 24 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro (MG).

CARTÕES AMARELOS – Fred, Yago Felipe, Aderlan.

LOCAL – Maracanã.