Correção: Golden State Warriors vence e encerra série histórica do Phoenix Suns

O texto enviado anteriormente contém um erro no título.

Após a derrota para o Phoenix Suns na última terça-feira, o Golden State Warriors reencontrou o carrasco na madrugada deste sábado e escreveu outra história. Em San Francisco, Stephen Curry e seus companheiros venceram por 118 a 96, resultado que encerra a série histórica de 18 vitórias seguidas do Suns na temporada regular.

A sequência invicta, maior já alcançada pela franquia do Arizona, foi consolidada na quinta-feira, com uma vitória por 114 a 103 sobre o Detroit Pistons. O time superou as 17 vitórias consecutivas da temporada 2006/07, quando tinha Steve Nash como grande estrela, e entrou em quadra contra os Warriors em busca do 19º triunfo seguido.

História já feita, não foi possível ir mais longe, pois Curry estava com sede de vingança. Depois de uma atuação discreta na derrota de terça, com apenas 12 pontos, o armador foi essencial para a vitória na revanche, uma vez que fez 23 pontos, converteu seis bolas de três em 11 tentativas e deu cinco assistências.

Draymond Green também foi importante, comandando a defesa com seis roubadas de bola e três tocos. Além disso, foi autor de nove pontos, nove assistências e nove rebotes. As boas atuações deixaram os Warriors na liderança da Conferência Oeste, acima justamente dos Suns, que estão na segunda colocação.

“Nós sabemos que nós estamos tentando alcançá-los, e não o contrário. Nós não estivemos nos playoffs nos últimos dois anos. Estamos atrás deles e sabemos que eles são o melhor time do Oeste até que alguém os derrube”, afirmou Steve Kerr, treinador dos Warriors, lembrando que os Suns foram os campeões do Oeste na temporada passada.

De qualquer forma, restou a lamentação ao time de Phoenix, que sentiu a ausência de Devin Booker, lesionado. O desfalque sobrecarregou Chris Paul, autor de 12 pontos e oito assistências na partida. Deandre Ayton foi o melhor da equipe, com 23 pontos, seis rebotes e duas assistências.

OUTROS JOGOS – Em Nova York, Kevin Durant fez um duplo-duplo, com 30 pontos, doze rebotes e seis assistências. Assim, comandou a vitória por 110 a 105 do Brooklyn Nets, líder da Conferência Leste, sobre o Minnesota Timberwolves, nono colocado do Oeste.

Outro duplo-duplo saiu na capital norte-americana, onde Darius Garland marcou 32 pontos, pegou oito rebotes e deu dez assistências para ajudar o Cleveland Cavaliers a vencer o anfitrião Washington Wizards por 116 a 101. Pelo lado dos donos da casa, o destaque foi o brasileiro Raulzinho, que deixou a quadra com 13 pontos, dois rebotes e quatro assistências. Os Wizards estão em quarto lugar na Leste, duas posições acima dos Cavaliers, em sexto.

Enquanto isso, em Los Angeles, os Lakers também contaram com um duplo-duplo, mas não venceram. Anthony Davis teve 27 pontos, dez rebotes e quatro assistências em uma partida que terminou com derrota por 119 a 115 para o LA Clippers. O melhor do lado vitorioso foi Paul George, com 19 pontos, oito rebotes e nove assistências.

Veja os resultados da noite de sexta-feira e da madruga de sábado:

Indiana Pacers 104 x 113 Miami Heat

Washington Wizards 101 x 116 Cleveland Cavaliers

Atlanta Hawks 96 x 98 Philadelphia 76ers

Brooklyn Nets 110 x 105 Minnesota Timberwolves

Houston Rockets 118 x 116 Orlando Magic

Dallas Mavericks 91 x 107 New Orleans Pelicans

Utah Jazz 137 x 130 Boston Celtics

Golden State Warriors 118 x 96 Phoenix Suns

Los Angeles Lakers 115 x 119 LA Clippers