CRB marca de pênalti e vence o clássico alagoano diante do CSA pela Série B

No clássico de Alagoas, o CRB levou a melhor em cima do CSA ao vencer por 1 a 0, neste sábado, no estádio Rei Pelé, em Maceió, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Após um primeiro tempo decepcionante, o CRB fez seu gol no começo da etapa final com um gol de Diego Torres, cobrando pênalti.

A vitória colocou o CRB na quinta posição com 14 pontos, portanto perto do G4 – a zona de acesso. O CSA, que vinha de derrota para a Ponte Preta por 2 a 1, segue com oito pontos em 14.º lugar, bem perto da zona de rebaixamento.

Frustrando as expectativas, o primeiro tempo do grande clássico alagoano foi decepcionante. O CRB conseguiu ficar mais tempo com a bola, mas não teve nenhuma eficiência nas finalizações. Do outro lado, o CSA também se fechou bem, mas praticamente não atacou.

A única chance de gol pertenceu ao CSA, em uma bela jogada iniciada com um toque de calcanhar de Renato Cajá para Dellatorre. O atacante chutou forte de perna esquerda e o goleiro Diogo Silva caiu e deu um tapa com a mão esquerda, fazendo a defesa em dois tempos.

O CRB voltou mais adiantado no segundo tempo e logo aos dois minutos assustou com um chute de Erik que tirou tinta do travessão. Aos quatro minutos, Guilherme Romão entrou na área e foi bloqueado com o corpo por Matheus Felipe. O árbitro marcou pênalti, apesar das reclamações dos jogadores do CSA.

Na cobrança, o meia argentino Diego Torres foi perfeito. Ele acertou o ângulo direito do goleiro Thiago Rodrigues, que escolheu o canto certo, porém sem alcançar a bola. No minuto seguinte, quase o CSA empata em uma cabeçada de Delatorre e grande defesa de Diogo Silva. O clássico dava sinais de melhora.

Depois do gol, o CRB abriu mão de atacar. O rival passou a dominar as ações em campo, mas sem poder de finalização. Tanto que focou os lances de bola parada com o experiente meia Renato Cajá, mas desta vez ele não acertou nenhuma vez.

Até o final o enredo foi o mesmo: O CSA no campo ofensivo e o CRB se defendendo. Terminou assim e sem mudança no placar.

O CSA vai ter a semana toda para trabalhar porque só volta a campo no outro domingo, dia 11, às 20h30, contra o Brusque, em Santa Catarina. O CRB vai jogar já nesta terça-feira contra o Botafogo, de novo no estádio Rei Pelé, a partir das 21h30.

FICHA TÉCNICA

CSA 0 x 1 CRB

CSA – Thiago Rodrigues; Ewerthon (Yuri), Matheus Felipe, Lucão e Vitor Rosa (Kevyn); Geovane, Giva Santos (Bruno Mota) e Renato Cajá; Yago, Delatorre e Reinaldo (Marco Túlio). Técnico: Bruno Pivetti.

CRB – Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei), Jean Patrick (Carlos Jatobá) e Diego Torres (Renan Bressan); Ewandro (Celsinho), Hyuri e Erik (Nicolas Careca). Técnico: Allan Aal.

GOL – Diego Torres (pênalti), aos 7 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Lucão, Delatorre e Giva Santos (CSA); Erik, Ewandro, Diogo Silva e Guilherme Romão (CRB).

ÁRBITRO – Salim Fende Chavez (SP).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).