CRB vence, respira na briga contra a degola e complica sonho do acesso do Avaí

O ano de 2020 terminou de forma melancólica para o Avaí. Mesmo atuando na Ressacada, o time foi derrotado pelo CRB, por 1 a 0, na noite desta terça-feira, e viu se reduzir as chances de acesso à elite. A partida abriu a 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Esse foi o terceiro jogo seguido sem vitória do Avaí, que estacionou nos 44 pontos e segue na nona colocação. A diferença para o G4 poderia ficar em dois pontos. Já o CRB chegou aos 40, subiu para o 13.º lugar e respirou na luta contra o rebaixamento.

O primeiro tempo começou com o CRB criando duas boas oportunidades. Na primeira, Régis parou em Glédson. Depois, Luidy finalizou rente à trave. O Avaí tinha dificuldades para chegar com perigo na área adversária, mas a partida ganhou em emoção a partir dos 30 minutos.

Na melhor oportunidade, Pablo Dyego avançou livre, mas abusou do preciosismo ao tentar o toque por cobertura e Glédson evitou o gol. A resposta do Avaí veio em chutes de fora da área de Renatinho e Pedro Castro. Ambos pararam em Edson Mardden.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Getúlio ganhou dividida dentro da área e bateu para boa defesa de Edson Mardden. A resposta do CRB veio com Pablo Dyego, que recebeu de Régis e chutou no travessão. Na sequência, Igor Cariús finalizou de longe e Glédson mandou para escanteio.

Depois do início movimentado, o jogo caiu de produção com muitos erros de ambos os lados. Quando parecia que o placar ficaria no 0 a 0, o CRB marcou aos 42 minutos. Gum ajeitou de cabeça cruzamento e Lucão pegou de primeira, mandando no cantinho de Glédson. O Avaí esboçou uma pressão, mas não conseguiu buscar o empate.

Os times só voltam a campo no dia 8, pela 33.ª rodada. O Avaí enfrenta o Brasil de Pelotas, às 16 horas, no Bento Freitas, e o CRB recebe o Confiança, às 19h15, no Rei Pelé, em Maceió.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 0 X 1 CRB

AVAÍ – Glédson; Iury, Alan Costa, Fagner Alemão e João Lucas (Ramon Menezes); Ralf, Pedro Castro, Renatinho (Vinícius Leite) e Valdívia (Luan Silva); Getúlio (Bruno Silva) e Ronaldo (Rodrigão). Técnico: Claudinei Oliveira.

CRB – Edson Mardden; Reginaldo, Gum, Ewerton Páscoa e Igor Cariús; Claudinei, Luiz Paulo (Lucão), Régis (Lucas Mendes) e Diego Torres (Anderson Ceará); Luidy (Iago Dias) e Pablo Dyego (Carlos Jatobá). Técnico: Roberto Fernandes.

GOL – Lucão, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Iury e Bruno Silva (Avaí); Igor Cariús (CRB).

LOCAL – Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).