De olho na liderança, Athletico e Fortaleza se enfrentam na Arena da Baixada

Dois dos times que estão surpreendendo e realizando grande campanha neste início de Brasileirão, Athletico e Fortaleza se enfrentam neste sábado, às 19h, na Arena da Baixada, de olho na liderança, atualmente do Red Bull Bragantino. O jogo é válido pela nona rodada.

O Athletico entra em campo na segunda colocação, com 16 pontos, dois a menos do que o time do interior paulista. No entanto, tem ainda uma partida a fazer. Na última rodada, bateu o Fluminense, de virada, por 4 a 1, no Rio de Janeiro.

O Fortaleza vem logo na cola. O time cearense é o quarto colocado, com 15 pontos e vem motivado após derrotar a Chapecoense, por 3 a 2, na última quarta-feira no Castelão. É o clube nordestino mais bem posicionado na tabela de classificação.

O Athletico tem rodado o seu elenco para evitar o desgaste físico. Na última rodada, três jogadores foram poupados e deverão figurar novamente no time titular: o zagueiro Pedro Henrique, o volante Christian e o atacante Vitinho. Não está descartada a possibilidade de se preservar novos nomes dentro do sistema de rodízio que vem sendo utilizado.

O treinador António Oliveira também não definiu se retornará para o esquema com três defensores. Por isso, Zé Ivaldo briga por posição com Léo Cittadini. No meio-campo, a disputa fica por conta de Terans e Nikão. O goleiro Santos, que ainda não se apresentou à seleção olímpica, também está confirmado.

O técnico Juan Pablo Vojvoda ainda não repetiu a escalação do Fortaleza em oito jogos. O treinador, no entanto, não poderá contar com o zagueiro Quintero, suspenso, e com os atacantes Isaque e Wellington Paulista, além do meia Matheus Jussa, todos vetados pelo departamento médico.

O treinador deverá seguir apostando no esquema com três zagueiros. Com isso, Tinga formará o trio com Titi e Marcelo Benevenuto. O polivalente Yago Pikachu seguirá como um coringa entre os setores de meio de campo e ataque, que terá David e Robson.

“Acho que a equipe tem que seguir em evolução. Estou muito orgulhoso porque sei e confio nos meus atletas. Sei que classe de atletas tenho, porque treino todos os dias com eles. Confio em todos eles. Fizemos um grande jogo contra Chapecoense e queremos manter o ritmo diante do Athletico”, ressaltou o treinador.