De virada, Manchester United vence o Liverpool e avança na Copa da Inglaterra

Um embate entre dois gigantes em campo, no qual ambos mereciam a vitória, mas a sorte só poderia sorrir para um lado. Assim foi a partida, neste domingo, entre Manchester United e Liverpool, pela quarta fase da Copa da Inglaterra, no estádio Old Trafford, em Manchester. O eletrizante clássico, que teve como seu maior destaque o egípcio Mohamed Salah, terminou em 3 a 2 e garantiu a classificação do time da casa às oitavas de final.

Se o último duelo entre as duas equipes deixou a desejar em emoção, ficando em 0 a 0 pelo Campeonato Inglês, na partida deste domingo não faltou energia e belos gols. O primeiro tempo foi marcado pelo ritmo quente, jogo bem apresentado por ambas os times e muitas jogadas de criatividade.

O perigo inicial veio já aos 10 minutos, quando Alexander-Arnold recebeu de Salah e cruzou para rasteiro direto para o gol. O goleiro Henderson afastou com um tapa o que poderia já ser o primeiro gol do Liverpool. Poucos minutos mais tarde, o Manchester United já reagiu, vindo com o atacante Greenwood, que pedalou para cima da marcação e fez sua tentativa. Aos 17, era a vez de Pogba receber a bola de um escanteio, mas desperdiçou a chance sem conseguir pegar bem na bola.

A temperatura da partida esquentava e o Liverpool viu no contra-ataque a chance de abrir o placar. Roberto Firmino, ao receber de Wijnaldum, fez um passe perfeito para Salah, que soube aproveita-lo para balançar as redes de Henderson. Nos minutos seguintes, embalados após o belo gol do egípcio, os visitantes tentavam marcar novamente saindo para o ataque, mas não ofereceram maior perigo para o Manchester United.

A equipe comandada pelo técnico norueguês Ole Gunnar Solskjaer buscava a todo custo seu momento de igualar o jogo e o encontrou no contra-ataque, com lançamento improvável de Rashford acertando em cheio Greenwood. O atacante recebeu e bateu de direita em direção ao gol, sem chance de defesa do brasileiro Alisson. Tudo igual em Old Trafford, tanto no placar quanto no desempenho dos fortes oponentes. O resto do primeiro tempo seguiu com criação de chances para ambos os lados, com destaque para três tentativas de Pogba, que vinha impreciso porém empolgado para marcar.

Na segunda etapa, as equipes retornaram com igual qualidade técnica e envolvimento com o jogo e não demoraria para o primeiro gol sair. Aos 3 minutos, Rashford recebeu de Greenwood e, ultrapassando Williams, marcou o gol da virada. A reação do Liverpool veio rápida e certeira com Milner, que recebeu de Firmino e quase igualou o placar. O tento, porém, saiu em seguida, ainda com a dupla Firmino e Milner, que trocaram passes até que restou no pé de Salah. O atacante, aos 14 minutos, mandou chute rasteiro e trouxe o empate.

O duelo seguiu equilibrado até a entrada do português Bruno Fernandes, que aos 33 minutos bateu falta bem ao lado da barreira e decidiu o clássico. Aos 43, o meia português cruzou para Cavani cabecear e quase aumentar a vantagem para os donos da casa.

Neste domingo, ainda pela quarta fase da Copa da Inglaterra, o Leicester City venceu o Brentfort por 3 a 1 e garantiu o seu lugar na próxima fase do torneio. Já o Fulham recebeu o Burnley, no estádio Craven Cottage, em Londres, e foi eliminado após perder por 3 a 0.