Descubra os hábitos de um bom jogador de pôquer

0 86

Os jogos de azar foram, são e continuarão a ser uma das opções de entretenimento mais populares, com o setor evoluindo rapidamente. Se antes eram jogos de cartas e máquinas relativamente primitivas, hoje são produtos de software avançados que são encontrados predominantemente em cassinos on-line, como Penalty Shoot Out estrela bet. Os cassinos on-line são incrivelmente populares, pois oferecem uma grande chance de ganhar, são acessíveis a todos e fáceis de usar. Ao mesmo tempo, oferecem a mais ampla variedade de jogos, o que não chega nem perto do que tecnicamente não se pode pagar em uma instituição física.

Vale ressaltar que há muitos jogos que são igualmente procurados tanto em cassinos on-line quanto em estabelecimentos físicos. Um ótimo exemplo seria o pôquer. Esse é um jogo interessante que é popular em todo o mundo e, além disso, nele muitos jogadores alcançam um sucesso incrível. Para ter sucesso no jogo, será útil saber como se comportam aqueles que já obtiveram excelentes resultados. Vamos dar uma olhada nos hábitos dos jogadores de pôquer bem-sucedidos.

Mergulhe totalmente no processo

O pôquer é um jogo que exige do participante o máximo de concentração. O jogador não deve se distrair com pensamentos estranhos, com o que está acontecendo ao seu redor se não for relevante para o jogo, bem como com todos os tipos de tentativas de distrair seus adversários. Por exemplo, muitas pessoas tentam propositalmente conversar com seus adversários sobre assuntos estranhos para distraí-los do jogo. É importante estar sempre o mais imerso possível na jogabilidade.

Há três ajudas principais para ser um ótimo jogador de pôquer:

  • concentração;
  • energia;
  • observação.

Não deixe que suas emoções o dominem

É claro que, se um jogador jogou com sucesso um torneio de dez horas, ficou em primeiro lugar e ganhou um grande prêmio, então não só é possível, mas até mesmo necessário dar rédea solta às emoções. Mas vale a pena lembrar de muitas situações em que as emoções jogam contra o jogador. Por exemplo, um determinado oponente ganha descaradamente metade de seu banco para um jogador. É claro que quase todo mundo deseja se vingar desse jogador específico o mais rápido possível e jogar com ele. Portanto, esse é um dos maiores erros dos iniciantes. As emoções devem ficar em segundo plano, a situação desagradável e o oponente não menos desagradável devem ser imediatamente esquecidos e o foco deve ser o jogo futuro.

Siga o regime

Muitas pessoas ficarão um pouco chocadas agora, pois há opiniões de que os jogadores de pôquer on-line bem-sucedidos passam as 24 horas do dia jogando. Eles raramente dormem, comem mal e não cuidam de sua saúde. Vale a pena observar que esse pode ser o caso, mas não no caso dos verdadeiros mestres do pôquer. Esses jogadores estão cientes de que o sucesso só pode ser alcançado se estiverem sempre em sua melhor forma e, por isso, seguem as regras tradicionais:

  • dormir na hora certa e por um mínimo de 8 horas;
  • praticar esportes;
  • distrair-se e descansar das brincadeiras;
  • tentar ter uma dieta saudável.

Pode parecer que esse conselho não tem nada a ver com o pôquer, mas ele é relevante para absolutamente qualquer atividade em que haja um desejo de sucesso. O cérebro trabalha mais rápido, a concentração aumenta e são tomadas decisões rápidas e corretas.

Não fique pensando em fracassos

Qualquer jogo envolve momentos de sucesso e alguns episódios desagradáveis. O pôquer certamente não é exceção. É impossível ganhar o tempo todo apenas fisicamente, portanto, não há como escapar do fracasso. É importante não deixar que as emoções negativas assumam o controle. Vale a pena avaliar claramente a situação e manter uma atitude positiva, por exemplo, uma ou duas mãos malsucedidas em algumas horas de jogo – isso é até um ótimo indicador, pois quantas delas foram bem-sucedidas. Se o jogo estiver indo muito mal, talvez seja melhor fazer uma pequena pausa e voltar ao processo mais tarde. Todo mundo pode ter um dia ruim, mas vale a pena passar por ele.

Avalie objetivamente seus próprios pontos fortes

O jogador deve conhecer bem a si mesmo e suas capacidades. Por exemplo, você não deve jogar em sete mesas ao mesmo tempo, se você mal consegue lidar com três. Além disso, nunca participe de um torneio de várias horas, se no início houver sintomas de fadiga ou simplesmente problemas de saúde, é improvável que esteja em um estado inadequado para alcançar os resultados desejados. É claro que o desejo de fazer fortuna e aproveitar o jogo muitas vezes faz com que você avalie sua condição de forma tendenciosa, mas é muito importante aprender a fazer isso sem levar em conta os desejos e as emoções. Somente dessa forma você poderá participar de torneios sérios em excelentes condições e, portanto, maximizar suas chances de vencer.

Deixe um comentário