Federação Internacional cancela vários torneios de esgrima até o final de maio

A Federação Internacional de Esgrima (FIE, na sigla em francês) comunicou na noite de terça-feira o cancelamento de todos os torneios previamente marcados para o mês de maio. O avanço da pandemia de covid-19 em diversos países foi a justificativa para a mudança de planos neste momento.

Desta forma, não serão realizados o Grand Prix de Florete, em Xangai (China), de 14 a 16 de maio; o Challenge Masculino de Espada, em Paris (França), na mesma data; a Copa do Mundo Feminina de Espada, em Dubai (Emirados Árabes Unidos), também no mesmo período; e o Grand Prix de Sabre, em Moscou (Rússia), de 21 a 23 de maio.

O Grand Prix de Sabre, em Seul (Coreia do Sul), de 24 a 26 de abril, e o Grand Prix de Espada, em Cali (Colômbia), entre 30 de abril e 2 de maio, já tinham sido cancelados anteriormente pela Federação Internacional de Esgrima.

Os torneios de classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 de todos os continentes, por enquanto, foram mantidos. Nas Américas, a disputa acontecerá em San José, na Costa Rica, nos dias 29 e 30 de abril. Quatro brasileiros buscam vagas nesta competição: Athos Schwantes (espada masculino), Bia Bulcão (florete feminino), Bruno Pekelman (sabre masculino) e Karina Trois (sabre feminino).

No mês de março, a Federação Internacional de Esgrima realizou, em março, no formato de bolha, três torneios que restavam para o fechamento do ranking olímpico: a Copa do Mundo de Sabre, em Budapeste (Hungria); a Copa do Mundo de Sabre, em Kazan (Rússia); e o Grand Prix de Florete, em Doha (Catar). Estas competições deveriam ter acontecido um ano antes, mas o calendário foi suspenso na ocasião, quando foi declarada a pandemia de covid-19.

Recentemente também, no início de maio, a Federação Internacional de Esgrima realizou o Campeonato Mundial Cadete e Juvenil, na cidade do Cairo, no Egito.