Fifa escala Edina Alves e Neuza Back em equipe de arbitragem da final do Mundial

A árbitra paulista Edina Alves Batista e auxiliar catarinense Neuza Back foram escaladas para o seu último compromisso no Mundial de Clubes da Fifa, que está sendo realizado no Catar. A dupla brasileira fará parte da equipe de arbitragem da final da competição, entre Bayern de Munique e Tigres, do México, nesta quinta-feira. A entidade anunciou a escalação das duas nesta quarta.

Assim como aconteceu nos jogos entre Tigres e Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul, pelas quartas de final, e na semifinal entre Bayern de Munique e Al Ahly, do Egito, Edina Alves atuará como quarta árbitra na final do Mundial.

Nestas duas partidas, Neuza Back ocupou a mesma função para a qual foi escalada na decisão: auxiliar reserva. A equipe na decisão será a mesma da estreia das duas no Mundial, composta integralmente por árbitros e árbitras sul-americanas.

O trio em campo será todo do Uruguai com o árbitro Esteban Ostojich e os auxiliares Nicolas Taran e Richard Trinidad. No VAR, o comando principal é do colombiano Nicolas Gallo, que terá o aux[ílio do chileno Julio Bascunan.

Ainda no Mundial de Clubes, as brasileiras se tornaram as primeiras mulheres a comandar uma partida masculina profissional da Fifa. Edina Alves foi árbitra no duelo entre Ulsan Hyundai e Al Duhail, do Catar, válida pela disputa do quinto e sexto lugares na competição. No trio 100% feminino que arbitrou o jogo, Edina e Neuza tiveram a companhia da auxiliar Mariana de Almeida, da Argentina.