Flick vê Bayern desgastado, mas cobra desempenho melhor diante da Lazio

O Bayern de Munique está em alerta. Desde que voltou do Catar, onde conquistou o título do Mundial de Clubes, o time não venceu mais – somou um empate e uma derrota no Campeonato Alemão. Um cenário que o técnico Hansi Flick espera modificar nesta terça-feira, quando o time vai visitar a Lazio, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. E o treinador, para isso, pede uma postura diferente.

“Nós sabemos o que aconteceu nos últimos dias. Contra a Lazio, quero que estejamos lá

como uma equipe desde o início. Temos uma ideia de como queremos jogar e temos que fazer isso”, afirmou o treinador.

Seis vezes campeão no últimos nove meses, o Bayern viu a sua vantagem na liderança do Campeonato Alemão ficar reduzida a dois pontos ao só empatar por 3 a 3 com o Arminia Bielefeld, por 3 a 3, e perder por 2 a 1 para o Eintracht Frankfurt. Na avaliação de Flick, os desfalques e a maratona de compromissos têm sido desafios extras ao time.

“Quando a Liga dos Campeões começar, temos de estar na melhor forma. Mas olhando para as últimas semanas, tem havido muitas jogos, um esforço muito grande para a equipe e alguns jogadores ausentes”, comentou.

Diante da Lazio, o Bayern terá sete desfalques: Pavard, Müller, Tolisso, Gnabry, Douglas Costa, Nübel e Nianzou. O time deve entrar em campo com: Neuer; Süle, Boateng, Alaba e Davies; Kimmich e Roca; Sané, Goretzka e Coman; Lewandowski.

Na fase de grupos, o Bayern teve desempenho praticamente perfeito, com 16 pontos somados em 18 possíveis. Algo que Flick espera resgatar diante da Lazio. “Estou otimista. É um jogo especial e espero que o equipe esteja especialmente motivada”, concluiu o treinador.