Goiás se despede da elite pensando em se recuperar para nova temporada

Em sua despedida do Campeonato Brasileiro, o já rebaixado Goiás enfrenta o Vasco nesta quinta-feira, às 21h30, para cumprir tabela. O técnico Glauber Ramos precisará fazer algumas mudanças, porque tem atletas lesionados e suspensos para o duelo marcado para São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Glauber, que assumiu o Goiás após a demissão de Enderson Moreira, já pensa na próxima temporada e, embora não tenha sua permanência confirmada, acredita na continuidade. Rebaixado para a Série B, o time goiano já planeja sua “reconstrução” para reagir na temporada 2021.

“Vamos minimizar os erros nas contratações para não ter um elenco cheio. Um elenco competitivo tem que ter qualidade técnica e jogadores que honrem as cores do Goiás, que resgatem o clube para a Série A”, afirma o técnico, que ainda classificou a montagem do elenco como principal erro do Goiás na atípica temporada 2020, que só acaba neste ano.

Os desfalques começam no gol, porque Marcelo Rangel está com uma lombalgia aguda e será substituído por Tadeu. O zagueiro Heron também está lesionado e, com isso, o setor será formado por Fábio Sanches e David Duarte. No meio-campo, o volante Daniel de Pauli está suspenso, mas ele não havia sido titular no empate sem gols com o Bragantino.

Sem ambições nesta última rodada, o Goiás poderá sacramentar a queda do Vasco, que precisa da vitória e de uma improvável combinação de resultados para escapar do rebaixamento.