Guarani tem retornos, mas segue com problemas ofensivos diante do Brasil-RS

O Guarani encerrou a preparação para enfrentar o Brasil de Pelotas neste sábado, às 20h30, no estádio Bento Freitas, pela 28 ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O técnico Felipe Conceição ganhou dois reforços importantes. São eles: o volante Marcelo, que cumpriu suspensão automática, e o atacante Murilo Rangel, recuperado de um trauma no joelho.

No entanto, o treinador continua tendo problemas ofensivos. Waguininho, com uma lesão de grau 2 no músculo posterior da coxa esquerda, foi vetado pelo departamento médico, assim como Júnior Todinho, com um problema no joelho e sem prazo para retornar à equipe.

A disputa para saber quem será o parceiro de Bruno Sávio e Pablo no ataque está grande. Giovanny é o favorito, mas Renanzinho e Rafael Costa correm por fora. O único ainda poderia ser utilizado como homem de referência. Caso isso aconteça, Bruno Paulo cairia para o lado do campo.

“Sabemos da dificuldade que será a partida em Pelotas, da qualidade da equipe do Brasil, só que vamos lá para buscar o resultado e os três pontos. Conhecemos o estilo de jogo deles, temos que manter nossa postura”, disse o zagueiro Didi.

O time campineiro vive grande fase na Série B. O Guarani é o sétimo colocado, com 40 pontos, próximo da zona de acesso à elite do futebol nacional. A provávei escalação do time tem: Gabriel Mesquita, Pablo, Wálber, Didi e Bidu; Bruno Silva, Lucas Crispim e Arthur Rezende (Murilo Rangel); Pablo, Giovanny (Renanzinho ou Rafael Costa) e Bruno Sávio.