Guarani tropeça no Figueirense e perde chance de colar no G4 da Série B

O Guarani perdeu a chance de colar no G4 – zona de acesso – do Campeonato Brasileiro da Série B e conseguir a nona vitória seguida no Brinco de Ouro da Princesa na noite deste domingo ao empatar com o Figueirense, por 2 a 2, pela 30ª rodada.

O tropeço evitou que o Guarani subisse para a quinta colocação e ficasse a apenas três pontos do G4. Com 44, o time comandado por Felipe Conceição é o oitavo colocado. Já o Figueirense tem os mesmos 32 pontos do Paraná, mas segue na zona de rebaixamento, em 17º lugar, por causa do número de vitórias (8 a 7).

O primeiro tempo em Campinas foi muito movimentado. Logo aos seis minutos, Murilo Rangel cruzou e Renanzinho cabeceou com estilo para colocar o Guarani na frente. O empate do Figueirense veio aos 24 minutos em pênalti cobrado por Lucas Barcelos depois de Gabriel Mesquita derrubar Diego Gonçalves dentro da área.

Mas a alegria alvinegra não durou muito. Aos 30 minutos, Wálber lançou, Vitor Mendes cortou mal e Renanzinho bateu por cobertura de Rodolfo Castro. O goleiro do Figueirense ainda evitou uma vantagem maior ao defender chutes de Renanzinho e Lucas Crispim.

Na volta do intervalo, o Guarani perdeu algumas boas oportunidades com Matheus Souza e Bruno Silva. O castigo veio aos 30 minutos. Matheus Neris aproveitou sobra do escanteio e acertou um lindo voleio no canto de Gabriel Mesquita.

Depois de sofrer o empate, o Guarani partiu com tudo para cima do Figueirense, que não conseguia mais sair jogando. Em uma das várias bolas alçadas na área alvinegra, Rafael Costa cabeceou e Rodolfo Castro fez uma grande defesa.

O Guarani volta a campo na quarta-feira, quando faz o confronto direto contra o Sampaio Corrêa, às 19 horas, no Castelão, em São Luis. No sábado, o Figueirense tem o clássico contra o Avaí, às 16 horas, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Os jogos são válidos pela 31ª rodada.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 X 2 FIGUEIRENSE

GUARANI – Gabriel Mesquita; Cristovam, Wálber, Bruno Silva e Bidu; Marcelo, Murilo Rangel (Rickson) e Lucas Crispim (Arthur Rezende); Pablo (Rafael Costa), Bruno Sávio (Matheus Souza) e Renanzinho (Giovanny). Técnico: Felipe Conceição.

FIGUEIRENSE – Rodolfo Castro; Thiaguinho, Brunetti (Arouca), Vitor Mendes e Renan Luis; Matheus Neris, Patrick, Bruno Michel (Erison), Léo Artur (Guilherme Teixeira) e Diego Gonçalves (Alecsandro); Lucas Barcelos (Davi Kuhn). Técnico: Jorginho.

GOLS – Renanzinho, aos seis e aos 30, e Lucas Barcelos, aos 24 minutos do primeiro tempo; Matheus Neris, aos 30 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Zandick Gondim Alves Júnior (RN).

CARTÕES AMARELOS – Gabriel Mesquita, Cristovam, Rafael Costa e Pablo (Guarani); Alecsandro e Vitor Mendes (Figueirense).

LOCAL – Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP).