Guardiola critica presidente da LaLiga: ‘Deveria se espelhar na Premier League’

O técnico espanhol Pep Guardiola, do Manchester City, fez duras críticas nesta segunda-feira a Javier Tebas, presidente da LaLiga, entidade que organiza o Campeonato Espanhol. O treinador do clube inglês afirmou que o mandatário deveria se espelhar no modelo de gestão da Premier League, empresa que comanda o Campeonato Inglês, e que não deveria reclamar dos investimentos feitos pelos clubes da Inglaterra.

“Talvez o futebol seja o único negócio em que as pessoas que querem investir sejam mal vistas. Que problema há quando United, City, Chelsea ou Liverpool querem investir? Clubes como o nosso não querem nenhum benefício, apenas reinvestir para que a gente siga crescendo para os fãs. Se o produto é melhor vendido e se paga mais pelos direitos televisivos, o senhor Tebas, que sabe de tudo mais do que ninguém e é mais sábio do que ninguém, que aprenda”, disse Guardiola, em entrevista ao canal de TV espanhol TV5.

Guardiola ainda aproveitou o momento para comentar sobre a situação da renovação contratual entre Barcelona e Lionel Messi. O contrato do craque argentino se encerrou na última quinta-feira e ele pode assinar com quem quiser, apesar do otimismo do clube espanhol na renovação.

“Talvez assim Barcelona, Real Madrid, Atlético (de Madrid) e Valencia tivessem mais recursos para fazer as contratações que deveriam. Se Tebas vendesse o melhor produto seria mais fácil para o Barça segurar Messi? Ele faz tudo bem, mas o problema são todos os outros países e outros clubes”, afirmou.

O Barcelona busca se desfazer de diversos atletas do atual elenco com o objetivo de reduzir a folha salarial da equipe e se encaixar dentro do teto imposto pela LaLiga. Na atual situação, o clube não consegue negociar a renovação com o craque argentino por conta das dificuldades financeiras.