João Paulo fecha temporada, marcada por rodízio, como titular do gol santista

O rodízio de goleiros que marcou a temporada 2020 do Santos chegará ao fim nos últimos cinco compromissos do time no Campeonato Brasileiro. A equipe teve quatro jogadores utilizados na função nas diferentes competições e vai terminar sendo ocupada por João Paulo, o jogador que mais vezes esteve na meta da equipe no período.

João Paulo reassumiu a titularidade no empate por 1 a 1 com o Atlético Goianinense, sábado, fora de casa. Teve segurança nas saídas do gol e acabou sendo vazado em uma cobrança de pênalti. Mas, mais importante para ele, recebeu a confirmação de Cuca que será o titular da posição nos últimos quatro jogos do Santos no Brasileirão.

“No último jogo que a gente teve, senti o John abatido. Resolvi preservá-lo. É um grande goleiro, ser humano, como são o João e o Vladimir. Por esse motivo, revolvermos colocar o João Paulo, que é quem vai jogar os jogos restantes do campeonato”, disse o treinador.

O Santos ainda tem mais 4 jogos pela frente, contra Coritiba, Corinthians, Fluminense e Bahia no Campeonato Brasileiro. Fechará a temporada com 66 partidas disputadas, sendo que João Paulo, o goleiro mais utilizado, poderá atuar em 33, sendo 32 como titular. Ou seja, começou jogando menos da metade dos compromissos da equipe na temporada.

Um exemplo claro da rotação da posição na temporada. O Santos começou 2020 com Everson como goleiro titular, mas ele decidiu se desligar do clube – está no Atlético-MG -, sendo sucedido por Vladimir, que perdeu a posição após se lesionar. Depois, João Paulo e John se revezaram na vaga, em uma disputa também marcada por casos de coronavírus de ambos.

Se não houver lesões e suspensões, João Paulo terá disputado 33 jogos, sendo 32 como titular, dos 66 do Santos na temporada. Serão, ainda, 15 de John, 11 de Everson e 8 de Vladimir.

Um cenário bem diferente ao de temporadas anteriores. Everson, o mais usado em 2019, disputou 41 jogos. Nas quatro temporadas anteriores, Vanderlei foi o titular absoluto, sucedendo Aranha, o preferido em 2013 e 2014. Antes, a vaga havia sido de Rafael, em 2011 e 2012, e de Felipe em 2010.