Jogo da Copa Paulista tem times com técnico infectado e outro morto pela covid-19

Portuguesa e São Bernardo se enfrentam nesta quarta-feira pela semifinal da Copa Paulista diante de uma triste coincidência. Os técnicos dos dois times foram vítimas do novo coronavírus. Marcelo Veiga, treinador do time do ABC, não resistiu às complicações em razão do vírus e morreu na última segunda. No mesmo dia, Fernando Marchiori, treinador da equipe da capital, descobriu que estava infectado e foi afastado dos trabalhos. Ele se recupera bem.

Será o primeiro jogo do São Bernardo após a morte de Veiga, que estava internado desde o fim de novembro, na Santa Casa de Bragança Paulista. O experiente treinador morreu com 56 anos e teve passagens por vários clubes, inclusive a Portuguesa, que soltou uma nota de pesar.

“A Portuguesa se solidariza com o São Bernardo, nosso atual adversário na semifinal da Copa Paulista, pelo falecimento de seu técnico, Marcelo Veiga, devido ao coronavírus. Marcelo já havia comandado a Lusa em 2014. Desejamos força nesse momento difícil”, escreveu.

Na segunda-feira, o elenco e comissão técnica da Portuguesa passaram por exames e o teste do técnico Fernando Marchiori deu positivo. Ele foi afastado do trabalho e está sob cuidados médicos. De acordo com informações do time paulistano, passa bem e se recupera sem grandes problemas.

“O Fernando (Marchiori) está bem, assintomático e iniciou o tratamento precoce para COVID. Ele vai cumprir todas as medidas de isolamento social, como recomendam os protocolos da Federação Paulista de Futebol, da Confederação Brasileira de Futebol e da Organização Mundial da Saúde”, afirmou o médico Marcial Gervásio.

As semifinais da Copa Paulista serão realizadas nesta quarta-feira. O primeiro jogo será entre XV de Piracicaba e Marília, às 15 horas, no estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba (SP). E, às 19 horas, a Portuguesa receberá o São Bernardo, no estádio do Canindé, em São Paulo. No primeiro jogo, o Marília venceu por 3 a 1 e outro duelo terminou empatado por 1 a 1.

O campeão da Copa Paulista tem o direito de escolher entre a vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D ou uma vaga na Copa do Brasil de 2021. O vice fica com a opção que não foi escolhida.