Kindermann cai na 1ª fase e Corinthians avança com 100% na Libertadores Feminina

Os finalistas da última edição do Campeonato Brasileiro tiveram resultados e caminhos distintos na rodada final da chave de grupos da Copa Libertadores Feminina, que está sendo realizada na Argentina. Nesta quinta-feira, o Corinthians, previamente classificado, sacramentou a passagem às quarta de final com 100% de aproveitamento, enquanto o Avaí Kindermann foi eliminado.

No José Amalfitani, o estádio do Vélez Sarsfield em Buenos Aires, o time catarinense dominou o Boca Juniors e criou as principais chances de gol. Mas falhou nas finalizações e perdeu por 1 a 0, com o gol da equipe argentina saindo aos 39 minutos do segundo tempo e sendo marcado por Yamila Rodríguez, de cabeça.

O triunfo levou o Boca Juniors aos sete pontos, em primeiro lugar no Grupo B. Já o Kindermann parou nos quatro, na terceira posição. E foi ultrapassado na rodada final pelo Santiago Morning, que chegou aos cinco pontos e assumiu a segunda posição ao massacrar o boliviano Deportivo Trópico por 9 a 0.

Já o Corinthians, garantido nas quartas de final após aplicar 16 a 0 e 8 a 0 em seus compromissos anteriores, manteve os 100% de aproveitamento na Libertadores ao derrotar o América de Cali, na rodada final do Grupo A, por 3 a 0. Avançou em primeiro na chave, com 9 pontos, com as colombianas vindo logo atrás, com 6.

Os três gols da partida saíram no segundo tempo. Crivelari abriu o placar aos 6 minutos, de cabeça, após cobrança de escanteio, e Adriana ampliou, de pênalti, aos 26. No fim, aos 37 minutos, Campiolo desviou cobrança de falta e fechou o triunfo em 3 a 0, na cidade de Morón. Nas quartas de final, no próximo domingo, o time vai encarar o Santiago Morning.

Em situação muito complicada, a Ferroviária encerra a sua participação na primeira fase nesta sexta-feira, quando enfrentará a Universidad de Chile, no José Amalfitani. Com apenas um ponto e na lanterna do Grupo D, precisa vencer e contar com uma combinação de resultados para ir às quartas de final.