Maique chega aos 24 anos com o sonho de se tornar atleta olímpico

 Com uma legião de fãs e admiradores que torceram muito por sua presença nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Maique, melhor líbero da última Superliga de vôlei, completará 24 anos nesta sexta-feira, dia 16, com a certeza de que está no caminho certo. E a data, após muitos anos, poderá ser comemorada junto com os pais, Vicente e Dorinha, o irmão gêmeo Max e a irmã Mayara, em Santo Antônio do Amparo (MG), sua cidade natal.

“Chego aos meus 24 anos feliz e com muito orgulho de quem eu me tornei. Nesses 23 anos foram muitos desafios, vitórias, conquistas e só tenho a agradecer por tudo o que tem acontecido na minha vida”, disse Maique. “Vai ser o meu primeiro aniversário com os meus pais e irmãos depois de muito tempo. Será uma comemoração muito importante, com todos juntinhos”.

Estar em Tóquio com a seleção brasileira poderia ser o grande presente de Maique, mas o líbero segue em busca de realizar o sonho nos próximos anos.

“Seria maravilhoso passar meu aniversário em Tóquio, mas tudo tem o seu tempo e o seu propósito. Se eu não fui dessa vez é porque não era para ser. Tudo faz parte de uma construção, de um trabalho e de um processo. Estava preparado para ir nessas Olimpíadas, até porque trabalho para aproveitar todas as oportunidades que aparecem. Não fui agora, mas continuarei trabalhando para ter a chance de ir aos Jogos de Paris-2024, que estão logo aí. Sigo focado e empenhado em buscar o meu sonho de ser um atleta olímpico”.

Campeão da Liga das Nações com a seleção brasileira, no final de junho, em Rimini, na Itália, Maique mostrou em suas redes sociais a amizade com o ponteiro Douglas Souza, com quem dividiu o quarto durante toda a competição. Foram vários vídeos que divertiram os fãs.

“O Douglas é um irmão. Quando cheguei na seleção, ele já estava e me acolheu de braços abertos. Uma pessoa com uma energia e um carinho maravilhosos. Nem tenho palavras para definir a nossa amizade que vou levar para o resto da minha vida. Sabemos que um pode contar com o outro a qualquer momento. Estamos aguardando a oportunidade de jogarmos juntos de novo e de sermos campeões olímpicos juntos. Apesar das brincadeiras e das gargalhadas, estamos sempre aprendendo muito um com o outro. Estarei torcendo não só por ele, mas por todos que estão em Tóquio e são merecedores de estarem lá”, afirmou Maique.

Na próxima semana, o líbero iniciará a pré-temporada com o Fiat/Minas. O time mineiro é o atual vice-campeão da Superliga.

Da Assessoria