Marcelo Cabo mira Vasco ofensivo, promete acesso e fala em título da Série B

Marcelo Cabo foi apresentado como novo treinador do Vasco nesta terça-feira. E não optou pela cautela em suas primeiras palavras como técnico do time carioca, que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro neste ano. Cabo projetou uma equipe mais ofensiva, prometeu o acesso e até falou em título numa das edições que deve ser das mais equilibradas dos últimos anos na segunda divisão.

“A história do Vasco é de equipes ofensivas, os maiores jogadores da história do Vasco são atacantes e meia-atacantes. Esse é o DNA do Vasco, um time que joga para frente e que busca o gol o tempo todo. Comigo não será diferente. A direção procurava um treinador com perfil ofensivo”, declarou Cabo.

“Minha equipe gosta de marcar pressão, gosta de ocupar o campo do adversário. Tenho uma máxima de que o máximo que estivermos no campo do adversário, mais chances temos de fazer os gols. O Vasco vai buscar a vitória o tempo todo e os gols. Esse é o DNA do Vasco”, prometeu.

Confiante, ele comentou sobre seu passado recente para falar em acesso, numa edição que terá rivais de tradição, como Cruzeiro, Botafogo, Coritiba, Guarani e Vitória, que foram protagonistas em âmbito nacional no passado.

“Tenho dois acessos num espaço curto de tempo. Título com o Atlético-GO e um vice com o CSA. Essa vai ser minha sexta Série B. Tenho conhecimento pleno da segunda divisão. Falo com convicção que o Vasco vai passar pela Série B. Vamos dar essa alegria de voltar à Série A. A maior meta do Vasco nessa temporada é voltar à Série A e vamos buscar esse título”, garantiu.

No entanto, ele admitiu que a Série B deste ano será mais equilibrada e difícil do que as anteriores. “Esta com certeza será a edição da Série B com as camisas mais fortes. Mas o Vasco entra para buscar a conquista. Antes temos o Carioca e a Copa do Brasil. Vamos ter uma equipe muito competitiva. O Vasco vai buscar seus objetivos na Série B e com certeza trilhar o caminho do título e do acesso.”

Sem entrar em detalhes, o novo treinador vascaíno projetou uma “reformulação” no elenco. “Claro que teremos uma reformulação. Vamos sentar, vamos dar uma repaginada, criar novos mecanismos para ter uma equipe competitiva. Inicio meu trabalho hoje com a diretoria e com o (diretor de futebol Alexandre) Pássaro para que a gente possa pautar essa temporada. Mas o torcedor vascaíno pode ter certeza. Dentro do que o Vasco vai propor, teremos uma equipe competitiva para entrar nas competições e conseguir conquistas. Porque foi isso que o Vasco sempre fez.”