Marcelo Melo viaja a Mônaco para dar sequência à preparação para temporada

Depois de passar alguns dias de dezembro no Brasil com a família, iniciando a pré-temporada em Belo Horizonte, o tenista mineiro Marcelo Melo viajou para o Principado de Mônaco, onde dá sequência, em Montecarlo, à preparação para os primeiros torneios de 2021. Na rotina, treinos físicos e na quadra junto com os irmãos alemães Mischa Zverev e Alexander Zverev.

A temporada para Marcelo Melo começará na Austrália no dia 31 deste mês, com a disputa de um ATP 250 em Melbourne. Na sequência, a partir de 8 de fevereiro, o primeiro Grand Slam do ano, o Aberto da Austrália. A viagem para Melbourne será na próxima semana para cumprir uma quarentena de 14 dias imposta pelo governo australiano por conta da pandemia do novo coronavírus.

“A pré-temporada aqui está sendo bem legal. Estamos focando muito na parte física, junto com o tênis. São dois períodos por dia. Será ótimo para chegar bem na Austrália. Eu que comecei a minha pré-temporada lá em Belo Horizonte, estou dando continuidade com eles”, afirmou Marcelo Melo, já em Montecarlo.

“Mischa agora está indo jogar o quali do Aberto da Austrália em Doha. Mas nós ainda temos uns 10 dias mais ou menos de treinos. Então serão uns 15 dias no total. Uma oportunidade muito boa aqui com eles neste início de ano”, completou o tenista brasileiro, que antes de seguir para Mônaco treinou na capital mineira com o irmão e técnico, Daniel Melo, e com o preparador físico Chris Zogno.

Nesses dois primeiros torneios da temporada, Marcelo Melo jogará ao lado do romeno Horia Tecau, já que seu novo parceiro a partir deste ano, o holandês Jean-Julien Rojer, será pai em fevereiro e não viajará para a Austrália. A nova dupla estreará, assim, após o Grand Slam.

No ranking mundial individual de duplas, divulgado na segunda-feira pela ATP, Marcelo Melo aparece na nona colocação, com 5.880 pontos. Tecau é o 22.º, com 4.205, e Rojer o 24.º, com 4.160.