Mir é sétimo em Valência e conquista título inédito da MotoGP; Morbidelli vence

A MotoGP conheceu o campeão da temporada de 2020: Joan Mir. O espanhol terminou a etapa da Comunidade Valenciana na sétima colocação, neste domingo, e conquistou o título da principal categoria da motovelocidade mundial pela primeira vez. Além disso, encerrou um jejum de 20 anos da Suzuki sem troféus. Franco Morbidelli venceu a prova.

Com a vitória na etapa da Europa semana passada, Mir se colocou em uma situação confortável na luta pelo título e neste domingo fez o necessário para confirmar a conquista. O piloto de 23 anos chegou a 171 pontos e não pode ser mais alcançado por nenhum adversário.

Na prova em Valência, o espanhol da Suzuki largou em 12º e escalou o pelotão aos poucos. Não correu grande riscos e fez o suficiente para assegurar o seu primeiro troféu na categoria e o sétimo da Suzuki, que voltou a figurar entre as equipes protagonistas.

Sem o hexacampeão mundial Marc Márquez, que passou por cirurgia no braço após acidente no início da temporada e só participou de uma corrida no ano, o caminho ficou livre para um novato triunfar em 2020. Fabio Quartararo começou bem, com duas vitórias nas primeiras provas em 2020, mas não manteve o ritmo, ficou sem completar algumas corridas, o que aconteceu neste domingo, ao cair e ter de abandonar, e viu Mir ser mais consistente ao longo do campeonato.

Na etapa espanhola, Morbidelli dominou de ponta a ponta e triunfou com autoridade. O ítalo-brasileiro da Yamaha SRT é o vice-líder do campeonato, com 142 pontos. Para chegar em primeiro, ele teve de suportar no final as investidas do australiano Jack Miller, que terminou em segundo. Pol Espargaró, da Red Bull KTM, completou o pódio, o quinto dele na temporada.

Outro postulante ao título, Álex Rins, da Suzuki, fechou o dia na quarta colocação. Na sequência vieram o sul-africano Brad Binder, da Red Bull KTM, e o português Miguel Oliveira, da KTM Tech 3, logo à frente de Mir.

O italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, terminou em oitavo, seguido de Aleix Espargaró, da Aprilia. Maverick Viñales, da Yamaha, que tinha pequena chance de ser campeão, fechou o top 10 no circuito Ricardo Tormo.

Com o campeão definido antecipadamente a MotoGP encerra a temporada de 2020 no próximo fim de semana, com a etapa de Portugal, no circuito de Algarve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *